O cânone desgastado: hegemonia, masculinidades e crise [thesis]

Vanessa Rodrigues Thiago
Nome do (a) aluno (a): Vanessa Rodrigues Thiago Data da defesa: 05/04/2019 Nome do Prof. (a) orientador (a): Mário César Lugarinho Nos termos da legislação vigente, declaro ESTAR CIENTE do conteúdo deste EXEMPLAR CORRIGIDO elaborado em atenção às sugestões dos membros da comissão Julgadora na sessão de defesa do trabalho, manifestando-me plenamente favorável ao seu encaminhamento e publicação no Portal Digital de Teses da USP. São Paulo, 31/05/2019
more » ... ________________________ (Assinatura do (a) orientador (a) 4 THIAGO, Vanessa Rodrigues. O cânone desgastado: hegemonia, masculinidades e crise. Ao Francisco, que sempre me apoia em minhas vontades e loucuras... 6 AGRADECIMENTOS Ao Prof. Dr. Mario César Lugarinho, pela atenção e apoio durante o processo de definição do tema e por orientação atenta. Mais que um orientador, eu o considero um verdadeiro amigo, para levar pela vida inteira. Ao Prof. Dr. Emerson Inácio, pelas orientações e por sua ajuda, desde as primeiras sementes desse projeto. Obrigada especialmente pelos puxões de orelha. Ao amigo Prof. Ms. Salviano Nery, por seu auxílio valioso no momento da preparação de minha qualificação. Aos meus colegas do Programa de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, pelo carinho que sempre me dedicaram. À minha avó, Isaura; minhas tias Olinda e Odete; minha sogra, Irene; meus irmãos, Priscila e Fábio, meus cunhados Márcio, Fabiana e Ana Cristina, que espero tenham entendido as ausências. Aos meus amados sobrinhos Maria Antônia, Gabriel, Isabela, e o pequenino Gustavo, que no momento da defesa estava a caminho, com a promessa de presença e incentivo aos estudos sempre. Aos meus enteados Julia e Pedro, que solicitamente escutaram trechos e mais trechos lidos em voz alta. Aos meus pais Antônio e Alzira, que não estão mais aqui para ver essa conquista, mas que mesmo com pouca educação formal, incutiram em mim um desejo por aprender e estudar cada vez mais. E finalmente a meu marido, Francisco, meu companheiro de vida e de alma. Obrigada por sua paciência, seu companheirismo e sua ajuda, sempre.
doi:10.11606/d.8.2019.tde-26062019-145011 fatcat:twgofvi24zdazcbqx62ljx6yu4