A (des)escritura de Herberto Helder: poética corruptora do real e da linguagem Resumo: PAlAvRAs-chAve

Andréia De Fátima, Monteiro Gil, Herberto Helder -Poesia, Transgressão Keyword
2011 unpublished
A poesia de Herberto Helder, em uma tentativa de reduzir a distância entre significante e significado, torna o signo verbal sensível e trapaceia a linguagem comum. Ao (re)criar uma realidade, Helder procura desdizer o dizível. Teremos como objetivo verificar como o poeta promove a libertação da palavra para desvelar um conhecimento nunca antes formulado. AbstRAct: Herberto Helder's poetry, trying to reduce the distance between acoustic image and meaning, deems the verb sensible and violates the
more » ... le and violates the everyday language. (Re)creating the reality, Helder searches to invert what is commonly said. We pursue the objective to verify how the poet promotes the liberation of the word in order to reveal knowledge never formulated.
fatcat:gn7dqydbebbahox5ms63vb6cdq