Efeito da estocagem de massas congeladas nos parâmetros colorimétricos de pães tipo forma adicionados de ingredientes funcionais

Rafael Audino Zambelli, Luan Ícaro Freitas Pinto, Gerla Castello Branco Chinelate, Lucicléia Barros de Vasconcelos Torres, Dorasílvia Ferreira Pontes
2015 Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável  
<p>O presente teve como objetivo estudar o efeito da estocagem congelada de massas por até 60 dias nos parâmetros colorimétricos de pães tipo forma. Foram desenvolvidas 7 formulações de pães tipo forma, uma padrão, sema adição de ingredientes funcionais e as contendo as combinações dos ingredientes açaí em pó/polidextrose, brócolis em pó/polidextrose e tomate em pó/polidextrose nas proporções de 5% e 10% cada. Através de análise de cor instrumental foram avaliados os parâmetros de luminosidade
more » ... os de luminosidade (L), cromaticidades a* e b*, o croma (C*) e o ângulo de tonalidade (h°) do miolo dos pães nos tempos 0, 15, 30, 45 e 60 dias. Para a formulação padrão, a luminosidade apresentou redução de 77,38 a 69,43, houve redução na cromaticidade a* e ângulo de tonalidade, já a cromaticidade b* e croma apresentaram elevação em função do tempo de estocagem. Para as formulações contendo ingredientes funcionais, o comportamento foi semelhante, os pães tiveram menor luminosidade quando comparada à padrão, à medida do tempo de estocagem, pela degradação dos pigmentos houve elevação deste parâmetro. A cromaticidade a* e o ângulo de tonalidade foram reduzidos ao longo da estocagem, com exceção das formulações incorporadas com brócolis em pó, onde o ângulo de tonalidade aumentou. A cromaticidade b* e o croma apresentaram aumento durante o período estudado. Concluiu-se que o tempo de estocagem congelada das massas promoveu variações nos parâmetros colorimétricos do miolo de pães tipo forma. </p>
doi:10.18378/rvads.v10i1.3342 fatcat:uradv6lburgu7lk4jlbr52cxh4