Influência do sexo e idade de abate sobre rendimento de carcaça e qualidade da carne de codornas de corte

Luiza Rodrigues Alves Abreu, Cleube Andrade Boari, Aldrin Vieira Pires, Sandra Regina Freitas Pinheiro, Renata Gomes de Oliveira, Kênia Maria de Oliveira, Flaviana Miranda Gonçalves, Felipe Rosa Oliveira
2014 Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal  
O trabalho foi conduzido com o objetivo de se avaliar o efeito de duas idades de abate sobre o rendimento de carcaça e propriedades finais da carne de codornas de corte (Coturnix coturnix). Foram abatidas 40 codornas (machos e fêmeas) aos 35 e aos 42 dias de idade obtendo-se o peso corporal, peso de carcaça quente e resfriada, peso de peito, peso de perna, rendimento de carcaça quente e fria, rendimento de peito, rendimento de pernas, pH inicial e final (24 horas "post mortem", capacidade de
more » ... ", capacidade de retenção de água (CRA), cor (L*, a*, b*), perda de peso por cocção (PPC) e maciez objetiva (força de cisalhamento). Não houve diferença no rendimento de carcaça e cortes entre as idades de abate, entretanto as aves abatidas aos 42 dias de idade apresentaram-se com maior peso corporal. Para os parâmetros da qualidade da carne, observou-se que o pH inicial foi menor para as aves abatidas aos 42 dias de idade. Fêmeas abatidas aos 35 dias de idade apresentaram carne com menor teor de vermelho. Machos apresentaram a carne com pH mais baixo. Dessa forma o abate dos animais aos 42 dias de idade proporcionou melhor desempenho e melhores características de carcaça aos machos.
doi:10.1590/s1519-99402014000100020 fatcat:u4mlddj2ljctvpcqugxv3vg2ge