INDÚSTRIA CULTURAL E CIBERCULTURA – APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS DE CONCEITOS E PRÁTICAS NA CONTEMPORANEIDADE

Marcus Alexandre De Pádua Cavalcanti
2013 Periferia  
Unigranrio RESUMO O presente artigo propõe uma reflexão sobre as relações e os processos de comunicação promovidos pelas redes digitais e os meios de comunicação de massas, no sentido de perceber, na contemporaneidade, como ambos se integram e se complementam em suas práticas. No decorrer desta apresentação, serão abordados os conceitos de indústria cultural, cibercultura, hegemonia, contra-hegemonia e rizoma. Tais conceitos serão utilizados para analisar e apontar as dinâmicas e configurações
more » ... as e configurações das formas verticais/centralizadas e horizontais/descentralizadas de comunicação. As metáforas das ramificações arborescentes e rizomáticas serão utilizadas nesse contexto para visualizar e comunicar melhor o funcionamento desses dois sistemas. Discutem-se as características desses dois paradigmas, como eles convivem e se agenciam de maneira colaborativa e concomitante, potencializando e ampliando as práticas comunicacionais. Palavras-chave: indústria cultural, hegemonia, contra-hegemonia, cibercultura. CULTURAL INDUSTRY AND CYBERCULTURE -APPROACHES AND CONCEPTS AND PRACTICES IN CONTEMPORARY DISTANCES ABSTRACT This paper proposes a reflection on the relationships and communication processes promoted by digital networks and the means of mass communication, to realize, in contemporary times, as both complement and integrate into their practices. During this presentation, we will focus on concepts of cultural industry, cyberculture, hegemony, counter-hegemony and rhizome. These concepts will be used to analyze and point out the dynamics and configurations of the vertical/horizontal and centralized/decentralized forms of communication. The metaphors of arborescent and rhizomatic ramifications will be used in this context to better communicate and visualize the functioning of these two systems. Discusses the characteristics of these two paradigms, how they coexist and tout collaboratively and concurrently, enhancing and expanding the communication practices.
doi:10.12957/periferia.2013.15326 fatcat:keaoojk2zzhmrbflnagw4iboom