Sustentabilidade ecológica e socioeconômica em agroecossistema de base familiar na Província de Gaza, Moçambique

Eugenio Da Piedade Edmundo Sitoe, António Elísio Jose, Stélio Boaventura Paulino Nuvunga
2020 Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável  
A complexidade do ambiente organizacional e dos novos desafios dos mercados, conduzem a exploração intensiva e consequente degradação dos recursos naturais, daí que o monitoramento dos agroecossistemas é indispensável para o desenvolvimento das unidades de produção. Nessa conjuntura, o trabalho objetivou avaliar a sustentabilidade do agroecossistema de Nhocuene, Gaza, Moçambique. O estudo foi conduzido através de entrevista dirigida aos produtores e analisado com base nas técnicas de conteúdo.
more » ... valiou-se 23 indicadores de dimensão ecológico e socioeconômico, onde os resultados mostraram instabilidade do agroecossistema justificado pelos níveis baixos de sustentabilidade nas dimensões (i) ecológica: produtividade (4), intensidade de uso da área (3), matéria orgânica com origem na propriedade (4), variação da produtividade (4), área com cultivo orgânico (0), diversidade de técnicas alternativas (3) e perda de colheita (3); (ii) económica: controle económica dos preços dos produtos (3), controle financeiro das atividades desenvolvidas (0), forma de apresentação dos produtos nos mercados (1), destino do produto produzido (3) e dificuldade de acesso a crédito rural (3) e (iii) social: pessoas ocupadas por ha (2), satisfação com atividade desenvolvida (4), grau de escolaridade (4), participação em cursos de agricultura (0), organizações e associações (0) e satisfação com assistência técnica pública, (4). As potencialidades do agroecossistema ficaram evidenciadas nas boas médias encontradas na disponibilidade de água e áreas com erosão, 10 (na dimensão ecológica), diversidade produtiva para o consumo da família, 9, e resistência à estiagem, 10, (na dimensão econômica) e estado de saúde dos produtores, 10, (na dimensão social) Com base nos resultados notou-se que a formação académica dos profissionais que atuam na assistência técnica em Nhocuene, deve contemplar a realidade tão diversificada dos agricultores familiares.
doi:10.18378/rvads.v15i1.6685 fatcat:csuhgl6wlzeo3psvi33kmpm7cm