Considerações sobre rito e teatro em Artaud

Ismael Scheffler
2018 Urdimento  
Ao escrever sobre o Teatro de Bali, Artaud faz várias referências aos gestos rituais e aspectos ritualísticos deste. O autor destaca certa mecanização gestual dos atores-bailarinos, a precisão fixada, bem como o desempenho com uma solenidade. Apesar dessas indicações sobre os gestos e a atitude dos atores, não é meramente o cumprimento de ações rígidas pré-existentes que caracteriza o rito. A realização daquelas ações corresponderia à utilização de gestos, sons e objetos de forma pouco
more » ... orma pouco significativa. Felipe Reyes Palacios adverte que muitos trabalhos contemporâneos inspirados em Artaud incorrem no erro de se apropriar de imagens "sagradas", em uma "idolatria das formas", questão também destacada por Peter Brook em O teatro e seu espaço. Muitos Resumo Este artigo aborda questões sobre a relação que Artaud estabelece entre teatro e rito. Para melhor compreender o rito, tomo conceitos de Mircea Eliade que propiciam uma compreensão abrangente do termo e uma leitura sobre as propostas artaudianas. A partir disto, o artigo pontua sobre o desempenho dos diferentes papéis (diretor, ator e espectador) nas propostas de Artaud e tece algumas considerações sobre Os Cenci, realização teatral que deveria ter sido a concretização de suas concepções. Palavras-chaves: Artaud, rito, teatro sagrado. Abstract This article approaches issues regarding the relationship Artaud established between theatre and rite. In order to better grasp the meaning of rite, concepts were taken from Mircea Eliade's work to promote a comprehensive understanding of this term and to obtain a reading on Artaudian propositions on the subject. Whereof, the article addresses the performance of different roles (director, actor and spectator) in Artaud's proposals and comments on Les Cenci, the theatrical act that should have been the realization of Artaud's conceptions.
doi:10.5965/1414573101142010033 fatcat:dnyqil4covexhciyv7c2jbxady