A questão da terminalidade

Mauro Hilkner, Regiane Rossi Hilkner
2012 Saúde Ética & Justiça  
Os autores abordam a situação dos pacientes irreversivelmente enfermos, comumente internados em leitos de Unidades de Terapia Intensiva, e sua complexa relação com médicos, familiares e a sociedade. Discutem a terminalidade da vida, que pode ensejar conflitos de interesse, profissionais, éticos e de crenças, além de questões relativas à alocação de recursos na área da saúde.
doi:10.11606/issn.2317-2770.v17i2p75-81 fatcat:5bwxgytwabbkjby7av7dxwq2nu