CARACTERIZAÇÃO ESPACIAL DAS ÁREAS SUSCETÍVEIS A INUNDAÇÕES E ENXURRADAS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TAQUARI-ANTAS

Guilherme Garcia de OLIVEIRA, Rafael Rodrigo ECKHARDT, Claus HAETINGER, Augusto Alves
2018 Geociências  
O objetivo deste estudo foi mapear e caracterizar as áreas suscetíveis a inundações e enxurradas na bacia do rio Taquari-Antas, RS. Foram estimados índices morfométricos e hidrológicos como o tempo de concentração e as vazões máximas associadas a diferentes tempos de retorno (TRs). O mapeamento das áreas suscetíveis a inundações e enxurradas foi realizado por meio da simulação do aumento do nível da água nos rios. As vazões máximas foram obtidas por regionalização de vazões. Com base nos
more » ... dos obtidos, a vazão máxima anual do rio Taquari se aproxima de 7.900 m³/s no seu trecho final, podendo atingir valores maiores que 20.000 m³/s em TRs maiores. No rio Taquari, as inundações predominam, enquanto que os principais afluentes apresentam características que indicam a ocorrência tanto de inundações quanto de enxurradas. Quanto aos pontos referentes apenas às enxurradas, os mesmos estão bem distribuídos pela bacia, embora predominem em pequenas bacias da porção centro-jusante. Cerca de 8% da área total da bacia pode ser atingida por tais eventos extremos, predominando usos agropecuários, banhados, áreas de mata ciliar e florestas exóticas. Considerando as áreas urbanas suscetíveis (69 km²), se destacaram as cidades de Estrela, Lajeado, Venâncio Aires e Arroio do Meio.
doi:10.5016/geociencias.v37i4.12312 fatcat:ymtnlhc2zfh2djb2ea5csao4cm