Análise de repertórios discursivos sobre profissões e o sexo: um estudo empírico na cidade de João Pessoa

Raquel Pereira Belo, Tâmara Ramalho de Souza, Leoncio Camino
2010 Psicologia & Sociedade  
O presente estudo buscou observar as representações elaboradas socialmente sobre o sexo como determinante do exercício das atividades profissionais. Foram entrevistadas 221 pessoas da cidade de João Pessoa (sendo 133 mulheres - 60,2%), entre 17 e 79 anos (M=2,3; DP=1,25), com escolaridade de nível superior. Por meio de uma entrevista semi-estruturada, os participantes citaram profissões/atividades consideradas adequadas a cada sexo, e se posicionaram diante de questões como características das
more » ... aracterísticas das profissões apropriadas para os homens e para as mulheres e o sexo como determinante para as escolhas profissionais. Observou-se que foram citadas aproximadamente 80 profissões caracterizadas como femininas e 130 como masculinas. A análise dos repertórios discursivos, realizada por meio do ALCESTE, apresentou em sua maioria uma caracterização diferenciada das atividades vistas como masculinas e femininas. Os resultados demonstraram a existência de uma segmentação entre os perfis profissionais de homens e mulheres para o campo de trabalho.
doi:10.1590/s0102-71822010000100004 fatcat:i5hnxkzhpned3obxahqez7oc7e