PROMOÇÃO DO CRESCIMENTO E ENRAIZAMENTO DE MINIESTACAS DE Eucalyptus dunnii POR RIZOBACTÉRIAS E BACTÉRIAS DO FILOPLANO

Ana Claudia Spassin, Paula Burigo Vandresen, Dyanndra Neves, Flávio Augusto de Oliveira Garcia, Daniele Ukan, Fabiana Schmidt Bandeira Peres
2016 FLORESTA  
O uso de microrganismos com efeito de promotores de crescimento e enraizamento de plantas tem apresentando resultados promissores no desenvolvimento de mudas clonais. Assim, o objetivo do estudo foi avaliar o potencial de isolados de rizobactérias e residentes do filoplano na promoção de crescimento e enraizamento de miniestacas de Eucalyptus dunnii. O experimento foi conduzido no delineamento de blocos casualizados, em arranjo fatorial 4 x 4 x 3, sendo os fatores constituídos por quatro
more » ... s por quatro coletas, quatro isolados bacterianos e três métodos de aplicação. Foram avaliados o percentual de sobrevivência das miniestacas na saída da casa de vegetação, casa de sombra e área de pleno sol e, o enraizamento das miniestacas aos 90 dias de idade. A resposta na sobrevivência de mudas na casa de vegetação, sombra e área de pleno sol variaram de acordo com o isolado, forma de aplicação e período de realização da coleta. Não foi observado efeito significativo dos isolados bacterianos sobre o enraizamento das miniestacas. Os isolados bacterianos apresentaram ora efeito benéfico, ora ausência de efeito para a sobrevivência e enraizamento das miniestacas. Por ser o primeiro relato do uso de rizobactérias e residentes de filoplano na promoção de crescimento de E. dunnii há demanda de novos estudos para a confirmação da efetividade destes microrganismos.
doi:10.5380/rf.v46i3.38586 fatcat:tnrsgunknzhp7bwrtr72teipwi