Vida íntima e literatura brasileira: amor e família em três romances do século XIX

Heloísa Helena de Oliveira Santos
2014 PROA: Revista de Antropologia e Arte  
O objetivo deste artigo é compreender, por meio da análise de romances brasileiros, como as relações íntimas foram codificadas na sociedade brasileira oitocentista. Analisamos três romances do século XIX: A Moreninha (1844), de Joaquim Manuel de Macedo, Senhora (1875), de José de Alencar, e Dom Casmurro (1899), de Machado de Assis, a fim de mapear as concepções e comportamentos associados ao amor e à vida íntima entre homens e mulheres, dando ênfase às possíveis tensões entre os ideais de amor
more » ... os ideais de amor romantizados disseminados nos romances e a organização social brasileira, baseada na família patriarcal, modelo que caracteriza a sociedade brasileira do período. O artigo é uma síntese de minha dissertação de mestrado defendida no programa de pós-graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ.
doaj:57ac8c6a6cff4eecbfcbfb79e0a727ac fatcat:vrbsbgesqrfjrdfjjqldmunw3m