Análise da Fragilidade e Vulnerabilidade Natural dos Terrenos aos Processos Erosivos como Base para o Ordenamento Territorial: o Caso das Bacias do Córrego Carioca, Córrego do Bação e Ribeirão Carioca na Região do Alto Rio das Velhas-MG

Clibson Alves dos Santos, Frederico Garcia Sobreira
2008 Revista Brasileira de Geomorfologia  
Resumo As bacias do Córrego Carioca, do Córrego do Bação e do Ribeirão do Carioca fazem parte da bacia do rio Itabirito, tributário no alto rio das Velhas, afluente do Rio São Francisco. Essa região é marcada por intensos processos erosivos, decorrentes do uso inadequado dos solos. Sendo evidenciados diversos conflitos de uso dos terrenos e recursos hídricos, devido ao desenvolvimento da atividade minerária, das atividades industriais, das práticas agropastoris, da crescente ocupação urbana e
more » ... ocupação urbana e da expansão imobiliária por condomínios residenciais de classe alta. Nesse trabalho, analisou-se a susceptibilidade natural dos terrenos aos processos erosivos, tendo como base as unidades geomorfológicas definidas por Santos et al. (2006) e os métodos propostos por Crepani et al. visando contribuir no processo de planejamento ambiental e ordenamento territorial dessa região. Os resultados hierarquizam a área segundo o grau de fragilidade e vulnerabilidade aos processos erosivos, que associadas às análises realizadas no presente estudo, constituem-se em ferramentas orientativas no processo de ordenamento territorial das bacias hidrográficas estudadas. Palavras-chave: processos erosivos, unidades geomorfológicas, ordenamento territorial. Abstract This paper analyzed of the fragility to erosion process of the watershed of the streams Carioca, Bação and Ribeirão Carioca, tributary of the Das Velhas basin. This area of the agriculture, farming, mining, of new land parceling, which due to the emergencial characteristics has been done without proper land use planning. Beyond, serious erosion process. Thus, was analyzed of the natural fragility of the landforms to the erosion process, through and the methods proposed at Ross Ross (op. cit) methods the results show two groups main areas fragility to erosion, one group of the instability (60% of the area) another stable, to share in the eight class of the fragility. The method of Crepani (op. cit) resulted in three groups of vulnerability, (high vulnerability -28% of the area, middle vulnerability -55% of the area and low vulnerability -17% of the area). The results they classify the area according to degree of fragility and vulnerability to the erosive processs, that associates to the analyses carried through in the present study is very important of the environmental management, prevention and/ or recovery of the erosion process, of the territorial zoning and of land use planed of the basins studied.
doi:10.20502/rbg.v9i1.102 fatcat:4wtk7ntxejedtphxl5j75zqgou