Determinação de óleos essenciais de alfavaca (Ocimum gratissimum L.), orégano (Origanum vulgare L.) e tomilho (Thymus vulgaris L.)

A.M. Borges, J. Pereira, M.G. Cardoso, J.A. Alves, E.M.P. Lucena
2012 Revista Brasileira de Plantas Medicinais  
O presente trabalho teve como objetivo a caracterização de plantas frescas e secas (comerciais) de alfavaca, orégano e tomilho, a obtenção dos óleos essenciais através do método de arraste a vapor e a quantificação dos compostos químicos por CG/EM. As plantas frescas e as secas comerciais foram submetidas às análises de umidade, extrato etéreo, proteína, fibra bruta, cinzas, extrato não nitrogenado, valor calórico, teor de óleo essencial e identificação dos compostos majoritários através da
more » ... rios através da cromatografia gasosa-espectrometria de massas. Dentre a caracterização obtida os resultados na base seca mostraram-se promissores, sendo o teor de proteína e de cinzas na alfavaca seca comercial com 17,34 g 100 g-1 e 8,12 g 100 g-1, respectivamente; a fibra bruta no orégano seco comercial com 15,65 g 100 g-1; o extrato etéreo, o extrato não nitrogenado e o valor calórico no tomilho seco comercial com 9,30 g 100 g-1, 52,72 g 100 g-1 e 356,74 Kcal 100 g-1, respectivamente. Obteve-se o maior rendimento de óleo essencial na alfavaca seca comercial com 1,02%, enquanto a alfavaca fresca apresentou o menor rendimento, com apenas 0,13%. Na alfavaca fresca encontrou-se 87,38% de eugenol e 6,27% de timol, enquanto na alfavaca seca comercial observou-se redução no eugenol (71,12%) e aumento do timol (13,28%). No orégano fresco foram quantificados quatro picos o γ-terpineno (33,45%), 4-terpineol (25,59%), timol (14,21%) e carvacrol (2,30%). Já no óleo essencial de orégano seco comercial houve redução no γ-terpineno (28,73%) e aumento no 4-terpineol (27,58%), timol (19,71%) e carvacrol (3,67%). No óleo essencial do tomilho fresco foram quantificados três picos o borneol (66,66%), timol (13,41%) e linalol (3,24%). Por outro lado, no óleo essencial do tomilho seco comercial houve redução no borneol (37,90%) e aumento no timol (20,61%) e linalol (10,34%). Pode-se concluir que as folhas secas comerciais analisadas de alfavaca, orégano, e tomilho apresentam potencial para o enriquecimento dos alimentos ou para a obtenção dos óleos essenciais.
doi:10.1590/s1516-05722012000400013 fatcat:weoxoo347bffvm2shmaxp7ajri