Potencial econômico da utilização de micro-terraceamento em lavouras de café: um estudo de caso

Ednaldo Lino Alves, Fernanda Aparecida Castro Pereira, Flávio Carlos Dalchiavon
2017 Revista iPecege  
Dentre os principais problemas enfrentados pela cafeicultura de montanha atualmente está o alto custo de produção, decisivamente influenciado pela escassez e elevado custo de mão de obra. Este trabalho objetivou realizar uma análise de viabilidade econômica na utilização de micro-terraceamento em lavouras de café do interior paulista. O estudo comparou os custos de produção em dois sistemas: semi mecanizado (micro-terraceamento) e manual, em um período de 10 anos. Os dados foram coletados em
more » ... ram coletados em uma propriedade rural no município de São Sebastião da Grama, São Paulo, em uma área de 12 ha, já implantada e em produção. Para as receitas foi considerado o valor da saca de 60 kg de café arábica beneficiado a R$ 410,00. Os indicadores financeiros utilizados foram: Valor Presente Líquido [VPL], Taxa Interna de Retorno [TIR] e payback descontado. O micro-terraceamento se apresenta como alternativa economicamente viável; o fluxo de caixa do projeto demonstra valores de VPL positivos utilizando taxas mínimas de atratividade variando de 6% a 20%; TIR de 41% e Payback descontado de dois anos. A maior contribuição para a redução do custo de produção do terreno terraceado é do item orçamentário mão de obra, tanto nos tratos culturais quanto na colheita. O fluxo de caixa considerando a área micro-terraceada é positivo e superior ao da área comparada.
doi:10.22167/r.ipecege.2017.1.24 fatcat:myjlvkd2mnfrlf3ug6bzden2we