Comportamento de variedades paulistas de algodoeiro em solo infestado pelo fungo causador da murcha verticilar

Edivaldo Cia, Carlos A. M. Ferraz, Nelson Machado da Silva, Milton Geraldo Fuzatto
1970 Bragantia  
Foi estudado o comportamento de variedades paulistas de algodoeiro em terreno infestado pelo fungo causador da "murcha de Verticillium", no Estado de São Paulo. As variedades IAC RM3 e IAC RM4, resistentes à Fusariose, destacaram-se em produção e apresentaram as menores porcentagens de plantas com sintomas externos da doença estudada. Os resultados sugerem que tais variedades constituem também fontes genéticas de resistência à murcha verticilar.
doi:10.1590/s0006-87051970000100007 fatcat:fvx6hpc6cnctddyd7haxighi74