A utilização de resíduos agroindustriais para adsorção do corante azul de metileno: uma breve revisão / The use of agro-industrial waste for adsorption of the blue dye of methylene: a brief review

Andréia Monique Lermen, Carolina Smaniotto Fronza, Júlia Cristina Diel, Dinalva Schein, Naiara Jacinta Clerici, Raíssa Engroff Guimarães, Suzana Diel Boligon, Ana Carolina Scher
2021 Brazilian Applied Science Review  
A utilização de resíduos agroindustriais para adsorção do corante azul de metileno: uma breve revisão The use of agro-industrial waste for adsorption of the blue dye of methylene: a brief review RESUMO No âmbito industrial há uma crescente preocupação com o setor têxtil, em especial com os efluentes gerados por ele, em virtude de seu potencial como fonte de contaminação de águas. Nestes efluentes estão presentes inúmeros corantes, dentre os quais evidencia-se o azul de metileno (AM), amplamente
more » ... usado em função de suas características. Portanto, é essencial realizar um tratamento adequado dos efluentes, a fim de possibilitar seu lançamento em corpos receptores sem comprometê-los. Dentre as alternativas de tratamento disponíveis, a adsorção com carvão ativado ganha destaque pela elevada eficiência, mas apresenta-se muito custosa, motivo pelo qual buscam-se outros materiais com capacidade adsortiva e, sob esse viés surgem os resíduos agroindustriais. Estes são utilizados in natura ou transformados em carvão ativado, através de ativação física ou química. Devido a extensão territorial brasileira, encontram-se uma ampla gama de resíduos que vêm sendo pesquisados como adsorventes, dentre os quais destacam-se a serragem de madeira, cascas de frutas, sementes de frutas e amêndoas, bagaço de frutas, cana-de-açúcar, resíduos de cereais e leguminosas como palha, sabugo, bainha e tortas, além de resíduos de erva-mate. Os dados das pesquisas mostram resultados satisfatórios para os adsorventes alternativos e dessa maneira, além da remoção eficiente do corante, também é possível reduzir custos do processo de tratamento, agregando valor a um resíduo e solucionando-se uma problemática ambiental, tanto na questão de destinação de resíduos, bem como no tratamento de efluentes. ABSTRACT In the industrial sphere there is an increasing concern with the textile sector, especially with the wastewater produced by it, due to its potential as a source of water contamination. In these effluents there are countless dyes, in which methylene blue (BM) stands out, being widely used due to its characteristics. Therefore, it is essential to perform an appropriate wastewater treatment in order to allow their release in the wastewater discharged points without compromising them. Among the available treatment alternatives, activated carbon adsorption stands out because of its high efficiency, however the technique is expensive, which is why other materials with adsorptive capacity are sought, and, under this bias, agroindustrial residues emerge. These residues are used in natura or transformed into activated carbon, through physical or chemical activation. Due to Brazil's territorial extension, there is a wide range of residues that have been researched as adsorbents, such as wood sawdust, fruit peels, fruit and almonds seeds, fruit and sugarcane bagasse, cereal and leguminous waste like straw, bare cob, sheath and cake, in addition to yerba mate waste. The research data show satisfactory results for alternative adsorbents and thus, in addition to the efficient dye removal, it is also possible
doi:10.34115/basrv5n1-017 fatcat:xp7h6zbxiba2xb6jepnywugqla