Teologia de fronteira: aportes do método da correlação de Paul Tillich

Carlos Alberto Motta Cunha
2017 Correlatio  
No pensamento de Paul Tillich, a "fronteira" é chave hermenêutica de sua vida e teologia, a saber, a reivindicação do espaço fronteiriço entre diferentes saberes e possibilidades. Tillich desenvolveu o método da correlação, segundo o qual o conteúdo da Revelação cristã se apresenta e demonstra como resposta às perguntas cruciais que brotam da existência do ser humano na modernidade. Resistindo a teologias que levam em conta apenas o querigma, sem olhar o destinatário, Tillich apresenta a
more » ... apresenta a teologia apologética, ou seja, uma "teologia que-dá-respostas" aos anseios existenciais do ser humano. No projeto tillichiano, a situação existencial do sujeito determina a exposição do conteúdo da Revelação divina sem que para isso relativize as Boas Novas da salvação. Sem esta situação, não há condições de perguntas certas em busca de boas respostas. Tillich fez desta dinâmica o eixo do método da correlação, devidamente utilizado não só na sua vida, mas também na sua grande obra, a Teologia Sistemática.
doi:10.15603/1677-2644/correlatio.v15n2p27-51 fatcat:heytypcycjdiplu44r37h2ogtm