Cultura do descuidado e vulnerabilidade a desastres: marcas do acidente radioativo com o césio-137 em Goiânia (Brasil)

Alexandre Barbosa de Oliveira, Margarida Maria Rocha Bernardes, Angélica Ribeiro Pinto de Oliveira, Roberto Braz da Silva Cardoso, Diego Freitas de Araújo, Fernando Rocha Porto
2020 Research, Society and Development  
Este estudo tem por objetivo analisar as práticas e representações relacionadas ao enfrentamento do desastre radioativo que ocorreu no município de Goiânia (Brasil), por meio da análise do filme documentário "Césio 137 – o brilho da morte". A pesquisa foi estruturada sob a perspectiva do domínio da cultura visual e de estudos sobre sociologia dos desastres e gestão de risco de desastres, sendo desenvolvida através de análise fílmica e com apoio de análise conteúdo temático-categorial. Assim, o
more » ... ilme foi tratado em profundidade em relação aos aspectos sociológicos e conteudísticos, destacando-se elementos simbólicos que retratassem as práticas e representações de cidadãos radioacidentados. Os resultados da pesquisa foram estruturados em função das operações de descrição, de decomposição e de crítica e análise do conteúdo fílmico. Os relatos contidos no filme foram codificados, segmentados em unidades de registro e organizados em duas categorias empíricas: cultura do descuidado e vulnerabilidade a desastres radioativos. Concluiu-se que a estrutura fílmica conduz à leitura da representação do despreparo setorial e técnico para lidar com situações de desastres. Esse aspecto põe em evidência a necessidade de práticas de gestão e governança, que efetivamente articulem a sustentabilidade e segurança com os fenômenos do cuidado com a vida, em casos de riscos radioativos. Ademais, o estudo ressalta a potencialidade de filmes documentários para a análise dos fenômenos de emergências e desastres em saúde pública, especialmente de grupos mais vulneráveis a tais situações.
doi:10.33448/rsd-v9i10.6072 fatcat:birdfgu4hvhp5ihujjvdq3ga3m