Ingestão de Cálcio e Vitamina D e Risco de Câncer Colorretal: uma Revisão Bibliográfica

Claudia Merlo Cabral, Nádia Dias Gruezo
2010 Revista Brasileira de Cancerologia  
O câncer colorretal apresenta-se como o terceiro tipo de neoplasia mais prevalente de câncer em todo o mundo. Os principais fatores de risco são: histórico familiar de câncer de cólon e reto, dieta com base em gorduras animais, baixa ingestão de frutas, vegetais e cereais, consumo excessivo de álcool e fumo, e idade avançada. Alguns estudos em animais têm evidenciado uma possível atuação do cálcio e da vitamina D como anticarcinógenos colorretal. O objetivo é discutir a associação entre
more » ... iação entre ingestão alimentar e suplementação de cálcio, vitamina D e risco de câncer colorretal. Realizou-se uma revisão bibliográfica, de artigos publicados nos últimos dez anos, de fontes de revistas indexadas em bibliotecas virtuais Lilacs, SciELO e Medline. Um dos mecanismos pelo qual o cálcio reduz o risco do câncer colorretal é a capacidade do cálcio em se ligar aos sais biliares e aos ácidos graxos ionizados, reduzindo o efeito destes compostos de proliferação celular da mucosa colônica. A vitamina D tem uma ação que regula a proliferação celular. Estudos mostraram que o alto consumo de produtos lácteos, principalmente o leite, está associado à diminuição do risco. Existem evidências de que o cálcio e vitamina D estão relacionados com redução da gênese do câncer colorretal.
doi:10.32635/2176-9745.rbc.2010v56n2.1506 fatcat:chriwuy5v5b6hhafel5rjs5lku