CIÊNCIA 1 E FILOSOFIA: NOTAS ACERCA DA RE-SIGNIFICAÇÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS NA FILOSOFIA HOBBESIANA

Hélio Alexandre, D Silva
unpublished
RESUMO: Trata-se nesse artigo de expor alguns dos principais conceitos da ciência (filosofia natural) hobbesiana, notadamente os conceitos de corpo, movimento, matéria, forma, acidente, essência. Devido a essa re-significação, é possível, para Hobbes, aproximar metodologicamente as definições de filosofia e ciência e a partir de então estabelecer novas bases para o conhecimento, amparado agora numa ciência mecânica de caráter fisicalista. ABSTRACT: This work aims at understanding new meaning
more » ... ding new meaning some concepts of hobbesian science, in particularly the concepts of body, motion, matter, form, accident, essence. As a consequence of this, Hobbes approaches the definitions of science and philosophy and establishes new bases for the knowledge established in a physical mechanical science. É no De Corpore (1655) que Hobbes expõe de forma mais acurada e minuciosa sua teoria física, ainda que no Leviatã (1651) e nos Elementos de Lei (1640) 2 já existam formulações que tratam dos movimentos dos corpos, de seu funcionamento e de suas semelhanças no que se refere à aplicação no homem da mecânica fisicalista que não é apenas uma característica própria da natureza das coisas, mas que também se aplica à natureza humana. A compreensão desse processo mecânico-fisico pode ser alcançada através da clarificação e do 1 Nesse trabalho tomaremos por ciência (filosofia natural) o equivalente ao conceito de física, pois ainda que na obra de Hobbes ciência não se refira exclusivamente à conseqüência dos acidentes (aparências) dos corpos naturais (que é o que Hobbes entende por física), para o nosso propósito não será necessário abordar detidamente outras ciências como a matemática e a geometria (que é a conseqüência da quantidade e movimento determinados pela figura e pelo número) (LEVIATÃ, p.74). Portanto, toda menção à ciência que constar nesse trabalho fará referência à ciência física. * Doutorando em Filosofia pela Unicamp. Esse texto é parte da dissertação de mestrado defendida no departamento de Filosofia da UNESP/Marilia sob a orientação do Dr. Ricardo Monteagudo e contou com o financiamento da CAPES. Email: helioale@yahoo.com.br 2 Os Elements Of Law foi publicado primeiramente em 1650 em duas partes distintas (Human Nature e De Corpore Político) e posteriormente, em 1889, essas duas partes foram publicadas conjuntamente sob o título de Elementos de Lei Natural e Política. Essa união dos dois textos, inicialmente publicados separadamente pelas mãos de Hobbes, permanece até os dias de hoje como abertamente aceita entre os estudiosos da obra hobbesiana. Cf.ELEMENTS OF LAW, 1969. p.v ss.
fatcat:jzathppwarbrdjnpoikymbztlu