Aplicabilidade da ultrassonografia musculoesquelética na articulação do cotovelo de cães hígidos [thesis]

Gabriela Monaldo Corrá Bellegard
DEDICATÓRIA Dedico este trabalho ao meu pai, que sempre acreditou em mim. Meu grande incentivador durante toda a minha formação, meu conselheiro, mentor, meu maior exemplo de profissionalismo. AGRADECIMENTOS Agradeço primeiramente à minha família pelo apoio. Ao meu marido Leonardo, pela paciência, cumplicidade e por me passar confiança em cada desafio. Aos meus pais, Luiz Mário e Márcia, pela a minha educação, por estarem ao meu lado a todo tempo, me dando força e segurança para seguir em
more » ... ara seguir em frente. À minha irmã Juliana por estar sempre disponível para me ajudar em todas as horas. Aos meus avós pelo carinho e incentivo. À minha orientadora Prof. Dra. Maria Cristina, pela oportunidade e confiança em realizar este trabalho. À minha ex-orientadora Profa. Dra. Luciana Del Rio Pinoti por quem tenho grande consideração e me ensinou a trabalhar na área de Diagnóstico por Imagem. À pós graduanda Érika pela parceria e companheirismo durante a execução deste projeto. Aos pós-graduandos Fábio e Shayne por sempre estarem disponíveis para nos auxiliarem durante o experimento. À Juliana Casals, Fábia e Gustavo Morandini, que se envolveram no projeto disponibilizando seus animais para os exames. À Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos pela oportunidade de realizar meu trabalho na instituição, dando assistência na aprendizagem e no desenvolvimento da pesquisa durante a pós graduação. Aos Prof. Dr, Luiz Carlos Vulcano (UNESP -Botucatu) e M.V. Felipe Suarez (PROVET) por disponibilizarem os equipamentos de Tomografia computadorizada e Ressonância magnética, respectivamente, para a realização do projeto. "A verdadeira viagem do descobrimento não consiste em procurar novas paisagens, e sim em ter novos olhos." Marcel Proust RESUMO BELLEGARD, G. M. C. Aplicabilidade da ultrassonografia musculoesquelética na articulação do cotovelo de cães hígidos. 2016. 63 f. Dissertação (Mestrado) -A articulação do cotovelo é complexa e tem grande relevância clínica nos atendimentos aos pequenos animais. Esta região já foi bem explorada em pesquisas anteriores pelos métodos radiográficos e tomográficos, porém, ainda há poucos estudos relacionados à ultrassonografia. O objetivo deste estudo foi descrever a anatomia ultrassonográfica da articulação do cotovelo de cães e comparar com os achados das demais modalidades de diagnóstico por imagem. Dessa forma, demonstrar a capacidade da técnica de identificar as principais estruturas desta articulação e seu potencial uso em regiões onde a tomografia computadorizada e ressonância magnética não estiverem disponíveis. Dez animais com peso entre 5 kg e 15 kg foram radiografados e selecionados para o estudo ultrassonográfico. O protocolo para a descrição ultrassonográfica foi estabelecido dividindo-se as áreas da articulação em porções proximal, média e distal; e faces lateral, cranial, medial e caudal. A avaliação foi realizada nos planos longitudinais, transversais e oblíquos e as estruturas musculoesqueléticas foram descritas conforme sua arquitetura, ecogenicidade e ecotextura. Como parte complementar deste estudo um dos animais foi submetido aos exames de tomografia computadorizada e ressonância magnética. Em relação às estruturas visibilizadas, o exame ultrassonográfico foi eficiente para as análises muscular, tendínea e ligamentar. Os contornos ósseos e regiões sede de alterações de importância clínica, como processo coronóide medial da ulna e processo ancôneo também foram visibilizados, porém de forma limitada. O conhecimento prévio da anatomia ultrassonográfica normal da articulação do cotovelo, assim como das vantagens e limitações da técnica, permitem a realização de estudos subsequentes, relacionados às possíveis identificações de alterações musculoesqueléticas. Palavras-chave: Ultrassom. Articular. Diagnóstico. Cão. ABSTRACT BELLEGARD, G. M. C. Applicability of musculoskeletal ultrasound in the elbow joint of healthy dogs. 2016. 63 f. The elbow is a complex joint and has a great clinical relevance at the small animal medicine care. Previous research of this region has been explored using radiographic and tomographic methods, however, there are few studies related to ultrasonography. The aim of this study was to describe the ultrasonographic anatomy of the elbow joint of dogs and compare it with the findings of other types of diagnostic imaging. Thus, demonstrate the ability of this technique to identify the main structures of this joint and its potential use in regions where computed tomography and magnetic resonance imaging are not available. Ten animals weighing between 5 kg and 15 kg were radiographed and selected to the ultrasonographic study. The protocol was established for the ultrasonographic description dividing the articular areas in proximal, middle and distal; and lateral cranial, medial, and caudal faces. The approach was made in longitudinal, transverse and oblique planes and the musculoskeletal structures were described according to the architecture, echogenicity and echotexture. Computed tomography and magnetic resonance scans were made in one animal as an additional part of this study. Regarding visualized structures, the ultrasonography was efficient for muscle, tendon and ligament analysis. Bone contours and regions that have clinical significance such as medial coronoid process and anconeus process were identified, but with limited access. Prior knowledge of the normal sonographic anatomy of the elbow joint as well as the technical advantages and limitations allow pursuing further studies related to the possible identification of musculoskeletal disorders.
doi:10.11606/d.74.2017.tde-16032017-103125 fatcat:22wjih6zhfhvxnaq2foc4re5fy