A INFLUÊNCIA DOS POTENTADOS LOCAIS NA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA BRASILEIRA

Vinícius Tadeu Vieira Campelo dos Santos Vieira Campelo dos Santos
2021 Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Pará  
Resumo A historiografia brasileira sempre abordou a questão da relação entre o poder público e o poder privado na construção do Estado brasileiro. Com diferentes modos de análises e de argumentação, diversos foram os autores que partilharam da visão de que, a formação do Estado brasileiro desde o seu período colonial teve como característica principal a centralização administrativa, dificultando assim, a participação e a influência de grupos locais nas diretrizes estatais. Partindo para outra
more » ... rspectiva, dispomos de análises onde a principal fonte de raciocínio foi o domínio exacerbado dos potentados locais na ordem pública, impedindo assim, a realização de um Estado dito como racional legal. Nessa linha de análise, o Estado brasileiro seria fraco e incipiente, se comparado aos grupos locais estabelecidos no país desde o período colonial, aonde esses potentados locais colocariam os interesses privados a frente do interesse público. Tais considerações serão analisadas no presente artigo, visando assim, contribuir para os estudos acerca da manifestação do poder público e privado no decorrer da história brasileira. Palavras-chave: Brasil; Público; Privado. Abstract Brazilian historiography has always addressed the question of the relationship between the public power and the private power in the construction of the Brazilian state. With different modes of analysis and argumentation, several were the authors who shared the view that, the formation of the Brazilian state since its colonial period had as main characteristic the administrative centralization, thus hindering the Participation and influence of local groups in the state guidelines. Starting from another perspective, we have analyses where the main source of reasoning was the exacerbated dominance of local potentates in public order, thus preventing the realization of a state that was said to be legal rational. In this line of analysis, the Brazilian state would be weak and incipient, compared to the local groups established in the country since the colonial period, where these local potentates would put private interests ahead of the public interest. These considerations will be analyzed in this article, aiming to contribute to the studies about the manifestation of public and private power in the course of Brazilian history. Resumen La historiografía brasileña siempre ha abordado la cuestión de la relación entre el poder público y el poder privado en la construcción del Estado brasileño. Con diferentes modos de análisis y argumentación, varios fueron los autores que compartieron la opinión de que, la formación del Estado brasileño desde su período colonial tenía como característica principal la centralización administrativa, obstaculizando así la Participación e influencia de los grupos locales en las directrices estatales. Desde otra perspectiva, tenemos 1
doi:10.17648/ihgp.v8i1.163 fatcat:f3h3misnxvfqpkhyswisv6qela