DISPONIBILIDADE HÍDRICA SUBTERRÂNEA NA ÁREA DE ABRANGÊNCIA DA BACIA SEDIMENTAR DE CURITIBA-PR: UMA CONTRIBUIÇÃO DA FACIOLOGIA SEDIMENTAR PARA A CARACTERIZAÇÃO DO AQÜÍFERO GUABIROTUBA, CORROBORADA POR ANÁLISES ESTATÍSTICAS DAS VAZÕES

Edison Archela
2004 Revista Águas Subterrâneas  
Estuda os sedimentos pertencentes à Bacia de Curitiba, em seus aspectos sedimentológicos e faciológicos, visando a sua caracterização como aqüífero. Efetua, também, o tratamento de dados geológicos e de vazões d'água, provenientes de poços tubulares profundos existentes na área de estudo, com a finalidade de comprovar e aprofundar as informações obtidas em superfície. Os mapeamentos desses dados possibilitam interpretações muito úteis acerca da real "vocação hídrica" do Aqüífero Guabirotuba
more » ... ero Guabirotuba (Bacia Sedimentar de Curitiba) corroborando as conclusões sedimentológicas obtidas, e reorientando as perspectivas de explotação de água para o Aqüífero Embasamento Cristalino, subjacente aos sedimentos ou aflorante no entorno destes. O preenchimento sedimentar na Bacia de Curitiba é interpretado como uma sucessão de fácies pertencentes a um ambiente de extensos leques aluviais coalescentes, associados a drenagens do tipo fluvial entrelaçado (braided). Essa seqüência sedimentar é resultante da tendência de variação lateral de fácies, da borda para o centro da bacia, segundo o modelo: leques aluviais proximais leques aluviais médios lamitos da fácies distal dos leques aluviais e fácies fluvial entrelaçado, preenchendo um arcabouço estrutural, nitidamente tectônico, que por sua vez é integrante do "Rift Continental do Sudeste do Brasil". As análises sedimentológicas revelam propriedades relativamente desfavoráveis para a Formação Guabirotuba, no que se refere à sua caracterização como aqüífero. O predomínio das frações silto-argilosas, aliado ao péssimo grau de seleção granulométrica, reduzem a porosidade da rocha e, principalmente, lhe conferem uma baixa permeabilidade; porém, conclui que as vazões no Aqüífero Guabirotuba não são desprezíveis e podem perfeitamente atender, em opções muito econômicas, aqueles setores da iniciativa privada que requeiram grandes quantidades de água, desde que esteja dentro dos limites oferecidos pelo aqüífero. Já, as vazões no Aqüífero Embasamento Cristalino são "mais generosas", porém, a locação [...]
doaj:7cfc487fe1d84e50a1c5edb3cb015982 fatcat:otrxienokvfztfqnm57joflxv4