Electra e Orestes: os efebos euripidianos na khóra de Argos

Márcia Cristina Lacerda Ribeiro
2017 Classica, Revista Brasileira de Estudos Clássicos  
Este artigo pretende analisar a Electra de Eurípides, sob um ângulo específico – o exame da efebia (ephebeia). O drama de exclusão-inclusão de Electra e Orestes, somado ao espaço de ação, a fronteira, levou-nos a conjecturar que os jovens vivenciam conjuntamente a instituição militar conhecida como efebia, um ritual de iniciação masculino. Em que pese a efebia ser exclusiva do universo masculino, desenvolvemos a ideia de os heróis formarem uma unidade, uma única persona – o vingador/justiceiro;
more » ... ingador/justiceiro; portanto, ambos participam do mesmo ritual. Comparamos alguns aspectos da instituição com as ações desenvolvidas pelos protagonistas e cogitamos da possibilidade de, no nível do texto poético, assistir a efebia trágica.
doi:10.24277/classica.v29i1.354 fatcat:xr6cmxzy3ba6bn3mxnh2erndaq