Um imenso campo mórbido: controvérsias médico-científicas sobre a epidemia de cólera-morbo de 1855

Luciana dos Santos
2016 História, Ciências, Saúde: Manguinhos  
Resumo O artigo examina a epidemia de cólera-morbo que atingiu a província de Pernambuco em 1855, focalizando as controvérsias médico-científicas que giraram em torno da definição dos princípios de comunicação da moléstia e dividiram as opiniões médicas entre duas concepções distintas: o contágio e a infecção. São analisados documentos e relatórios produzidos pela Sociedade de Medicina de Pernambuco e pelo Conselho Geral de Salubridade Pública que permitem descrever o programa médico-sanitário
more » ... ficial formado por engenheiros, cientistas e médicos com o objetivo de construir um projeto de cidade salubre – modelo de civilização que integra a remodelação do espaço urbano à disseminação de novos hábitos entre a população. Trata-se, essencialmente, de acompanhar uma ciência e uma sociedade em devir.
doi:10.1590/s0104-59702016000200003 pmid:27276040 fatcat:4bln3hxg4rg2li4wgc5fekdqpe