Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício DE CURTO PRAZO DE INDICADORES DE OBESIDADE EM IDOSAS OBESAS FRÁGEIS: EFEITOS DA INTERVENÇÃO COM HIDROGINÁSTICA

Valter Silva, Victor Almeida, Daniel Rodriguez, Janaína Ralo, Francisco Luciano, Pontes Junior, Antonio Grande
unpublished
ISSN 1981-9900 versão eletrônica P e r i ó d i c o do I n s t i t u t o B r a s i l e i r o d e P e sq u i s a e E n si n o e m F i s i o l o gi a do E x e r c í c i o w w w. i b p e f e x. c o m. b r / w w w. r b p f e x. c o m. b r ACOMPANHAMENTO RESUMO O objetivo do estudo foi investigar os efeitos de uma intervenção de curto prazo com hidroginástica sobre indicadores de obesidade em idosas obesas frágeis. Foram avaliadas 18 mulheres obesas (IMC ≥ 30 kg/m²), com idade entre 60 e 75 anos que
more » ... e 60 e 75 anos que iniciaram um programa de hidroginástica. O volume de treinamento foi de três vezes por semana e 45 minutos por dia, sendo mantido nesse padrão por seis meses. Houve tendência a melhorias com a intervenção. As alterações mais importantes foram observadas ocorreram durante o 2º trimestre para todas as variáveis (cerca de duas vezes maiores que no 1º trimestre). As correlações com maior importância em termos de associação e significado estatístico foram positivas. Somente quadril e RCQ apresentaram correlação negativa, indicando significativamente (p<0,01). As intervenções de curto prazo com o exercício aquático de hidroginástica tende a produzir melhorias em indicadores de obesidade e pode ser uma alternativa viável para o tratamento da obesidade de idosos frágeis. Palavras-chave: Idosas frágeis. Emagrecimento. Obesidade. Exercício terapêutico. Água. ABSTRACT Short-term follow-up of indicators of obesity in frail elderly obese: effects of intervention with hydrogymnastic The aim of this study was to investigate the effects of a short-term intervention with hydrogymnastic on indicators of obesity in frail elderly obese. We evaluated 18 obese women (BMI ≥ 30 kg/m²), aged between 60 and 75 years old, beginners in a program of hydrogymnastic. The training volume was three times per week and 45 minutes per day. This pattern was maintained for six months. There are trends for improvement with the intervention. The most important changes were observed during the 2nd stage for all variables (about twice higher than in the 1st stage). The correlations with major importance in terms of association and statistical significance were positive. Only hip and WHR presented negative correlation (p<0.01). The intervention of short-term with aquatic exercise of hydrogymnastic tends to produce improvements in indicators of obesity and can be a viable alternative for the treatment in frail elderly.
fatcat:c6qp6akmubcc5j4m42x5roksne