Desenvolvimento inicial do milho submetido a doses de esterco bovino

Cleiton Fernando Barbosa Brito, Varley Andrade Fonseca, Felizarda Viana Bebé, Leandro Gonçalves dos Santos
2014 Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável  
O objetivo deste trabalho foi avaliar desenvolvimento inicial do milho submetido a doses de esterco bovino.O experimento foi conduzido em casa de vegetação no setor de agricultura do IF Baiano, Campus Guanambi. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com cinco tratamentos e cinco repetições, totalizando 25 unidades experimentais, sendo os tratamentos compostos de doses de esterco bovino (0; 5; 10; 20; 40 t ha-1). Aos 14, 21, 28, 35 e 42 dias após o plantio (DAP) foi
more » ... mensurada a altura, número de folhas, diâmetro do colmo e área foliar. Verificou-se efeito significativo a 5% de probabilidade para a variável diâmetro do colmo em função das doses de esterco e dos DAP de forma isolada. Houve efeito significativo dos DAP para a área foliar. A interação entre as doses e DAP foi significativa apenas para a variável altura, sendo que a adição de esterco bovino promove o incremento da altura e diâmetro do colmo do milho. A dose de 5 t ha-1 teve tendência de proporcionar maiores incrementos de área foliar aos 42 DAP. Resultados satisfatórios de desenvolvimento inicial da planta de milho são obtidos com quantidades relativamente baixas de esterco bovino, indicando desta forma um sistema mais produtivo e econômico.
doaj:46008c8bca1147c3a56b6ed74a5e1989 fatcat:632d3quzr5ctthnwtyzightuma