NOTÍCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Marcelo L. Pelizzoli
1998 Veritas  
SOUZA, Ricardo Timm de, Totalidade e Desagregação - sobre as fronteiras do pensamento e suas alternativas. EDIPUCRS, 1996. Uma obra no "espírito do tempo" e que, segundo o autor e especialista no pensamento e cultura do século XX, parte da intuição profunda de um "espírito de urgência". Para isto, assume a radicalidade da desinstalação epistemológica atual, fruto da ruptura de toda uma vontade otimista de Sistema, de posturas iluministas, e denuncia as peripécias teóricas e violências da
more » ... ade. Crise do grande Sistema de sentido do ocidente grego, crise da sua totalização efetiva a nível político-econômico, em tempos de sufocamento global. Tempo de desagregação, o que não quer restar mera ação pós-moderna, mas intertísticos às voltas com as fronteiras do pensado e as suas alternativas radicais - filosofia como crítica e não tautologia legitimadora. Esta pretensiosa proposição, inspirada no pensamento de Ernmanuel Levinas, esboça- se em todos os cinco artigos da primeira parte crítica, cristalizando-se melhor nos seis artigos da segunda parte - "fronteiras e alternativas". No primeiro bloco, do status crucial da fundamentação do pensamento no século XX, se passa pela "Escola de Frankfurt", Nietzsche, Sartre, para desembocar nas análises concretas do "fim da história" dentro da nova "ordem" neoliberal. No segundo bloco, se percorre a ética da economia, filosofia da natureza e questão ecológica, alteridade e Estética, desembocando no "traumatismo e Infinito" - pequeno e arrojado esboço do tema de tese de doutorado do autor. Estamos aqui não menos que diante de um mesmo desafio em onze momentos.
doi:10.15448/1984-6746.1998.4.35500 fatcat:y2ulnxtryrez3l72phnwmmqhk4