Concentrações plasmáticas de progesterona e eficiência reprodutiva de diferentes dispositivos de liberação lenta de progesterona usados em inseminação artificial em tempo fixo [thesis]

Renato Valentim
pela orientação, carinho e amizade que, muitas vezes, se assemelham aos que um pai dedica a um filho. Ao Prof.Dr.Pietro Sampaio Baruselli, pela orientação e amizade. Por compartilhar conhecimentos e dúvidas de maneira generosa e honesta. À Profa.Dra.Valquiria Hyppolito Barnabe, pela orientação e pela convivência sempre alegre e positiva. Aos amigos da Tecnopec, em especial ao Cássio, à Isabel e ao Felix, por me fornecerem o suporte necessário à realização desta tese. Aos médicos veterinários
more » ... cos veterinários Dra.Letícia Pantalena e Pedro Paulo Gusmão, pelo auxílio no trabalho com os animais. Ao médico veterinário Everton Reis, pelas valiosas sugestões e pelos exames ultrasonográficos. À Prof.Dra.Carmen Neuza Martins Cortada, pelo auxílio e estímulo. , pela oportunidade. Aos funcionários do VRA, em especial à Silvia, à Taís e à Harumi -cuja paciência é quase infinita -, pela convivência e auxílio. Aos colegas do curso de Pós-Graduação em Reprodução Animal, pela solidariedade e alegria que marcaram nosso relacionamento. Ao colega Nélcio, do curso de Pós-Graduação em Reprodução Animal, pelo desprendimento e pela disponibilidade em auxiliar a todos aqueles que o cercam. Às funcionárias da Biblioteca da FMVZ-USP -orgulho de nossa faculdade -, em especial à Bibliotecária Claudia Maria Pestana. À Marieta, pelo auxílio na finalização deste trabalho. A todos aqueles que, direta ou indiretamente, contribuíram para a realização deste trabalho. Agradeço de coração RESUMO VALENTIM, R. Concentrações plasmáticas de progesterona e eficiência reprodutiva de diferentes dispositivos de liberação lenta de progesterona usados em inseminação artificial em tempo fixo. [Plasmatic progesterone concentration and reproductive efficiency of different intravaginal progesterone devices used in timed artificial insemination]. São Paulo, 2004. 89 f. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária) -Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Quatro experimentos foram realizados para avaliar as concentrações plasmáticas de progesterona ([P 4 ]) e as taxas de fertilidade na inseminação artificial em tempo fixo (IATF) após o uso de diferentes dispositivos de liberação lenta de progesterona (DP). No primeiro experimento foram utilizadas 4 novilhas ovariectomizadas. Esses animais receberam 5 diferentes tipos de DP, nos quais se variou a superfície de contato (50cm 2 ou 100 cm 2 ) e a dose de progesterona (0,5g; 1,0g e 2,0g) Os dispositivos foram inseridos aos pares durante 7 dias e se estabeleceu um intervalo entre tratamentos de pelo menos 30 dias. Com os dados de [P 4 ] 24 horas e sete dias após a inserção do DP obtiveram-se as seguintes equações de regressão, respectivamente: [P 4 ] 24h = 0,238 + 0,0343(área) + 0,513(dose); (R 2 =0,94) e [P 4 ] 7d = 0,331+ 0,0056(área) + 0,329(dose); (R 2 =0,71). No segundo experimento foram comparados dois dos dispositivos testados no primeiro estudo: P50-1,0 (50 cm 2 área; 1,0g dose P 4 ) e P50-1,5 (50 cm 2 área; 1,5g dose P 4 ) com dois dispositivos comerciais: CIDR (120 cm 2 área; 1,9g P 4 dose) e DIB (120 cm 2 área; 1,0g P 4 dose). Os dispositivos foram inseridos em 15 novilhas Nelore pré-puberes para avaliação das [P 4 ] obtendo-se, após 24 horas de inserção, para CIDR, DIB, P50-1,5 e P50-1,0, respectivamente: 7,7±2,8 a ; 4,5±0,75 b ; 5,9±2,5 b e 2,1±0,5 c ng/ml e após 8 dias, respectivamente: 3,3±0,7 a ; 2,6±2,0 a ; 3,0±2,4 a e 1,1±0,27 b ng/ml. As regressões obtidas no primeiro experimento não foram eficientes para estimar as [P 4 ] obtidas no estudo 2. Nos experimentos 3 e 4 comparou-se a eficiência dos dispositivos DIB e P50-1,5 em 431 vacas de corte zebuínas e cruzadas, com bezerros ao pé e multíparas, após uso em um programa de IATF no qual os dispositivos permaneciam nos animais durante 8 dias; quando da colocação desses dispositivos, eram aplicados 2mg de benzoato de estradiol (BE) e, na retirada, 400UI de eCG. Uma última dose de BE foi administrada 24 horas após a retirada dos DP, e a IATF foi realizada 54 horas após a retirada dos DP. Não foram encontradas diferenças nas taxas de concepção da IATF entre dispositivos. As taxas de concepção variaram entre 30 e 51,6% nos lotes tratados. O tratamento diminuiu o intervalo tratamento-parto de 365 para 317 dias, comparado à monta natural. Unitermos: Bovinos. Progesterona. Dispositivo. Sincronização ABSTRACT VALENTIM, R. Plasmatic progesterone concentration and reproductive efficiency of different intravaginal progesterone devices used in timed artificial insemination [Concentrações plasmáticas de progesterona e eficiência reprodutiva de diferentes dispositivos de liberação lenta de progesterona usados em inseminação artificial em tempo fixo]. São Paulo, 2004. 89 f. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária) -Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, 2004. Four studies have been made to evaluate the plasmatic progesterone concentration ([P 4 ]) of different intravaginal low delivery progesterone devices (PD) and the fertility rates after their use in timed artificial insemination (TAI). In the first study there were used 4 ovariectomized heifers. These animals received 5 kinds of prototypes PD on which varied the contact surface (50 or 100 cm 2 ) and the progesterone doses (0,5; 1,0 or 2g). These PD were inserted in the vaginas in pairs and the interval between treatments was higher than 30 days. With the data of [P 4 ] there were found the fallowing regressive equations for the days 1 and 7 after the insertion , respectively: [P 4 ] 24h = 0,238 + 0,0343(surface) + 0,513(dose); (R 2 =0,94) and [P 4 ] 7d = 0,331+ 0,0056(surface) + 0,329(dose); (R 2 =0,71). In the second study there were compared 2 prototypes PD based on the first study: P50-1,0 (50 cm 2 surface; 1,0g dose P 4 ) and P50-1,5 (50 cm 2 surface; 1,5g dose P 4 ) with two commercial PD: CIDR (120 cm 2 surface; 1,9g P 4 dose) and DIB (120 cm 2 surface; 1,0g P 4 dose). These PD were inserted in 15 prepuberal Nelore heifers to evaluate the [P 4 ] The [P 4 ] (in ng/ml) found after 24 hours were for CIDR, DIB, P50-1,5 e P50-1,0, respectively: 7.7±2.8 a ; 4.5±0.75 b ; 5.9±2.5 b e 2.1±0.5 c ng/ml and after 8 days, respectively: 3.3±0.7 a ; 2.6±2.0 a ; 3.0±2.4 a e 1.1±0.27 b ng/ml. The regressive equations found in the first study were not efficient to estimate the [P 4 ] for the prototypes PDs. In the studies 3 and 4 there were compared the PD DIB and P50-1.5 for TAI in 431 Nelore and cross-breed lactating postpartum beef cows. The TAI protocol was: PD insertion per 8 days, administration of 2 mg estradiol benzoate (EB) in the insertion day -400 UI of eCG in the PD removal -1mg EB 24 hours after PD removal-TAI 54 hours after the PD removal. There were no differences in TAI conception rates between PD. The TAI conception rates ranged from 30 to 51.6% in the treated herds. The treatment has decreased the treatment-partum interval from 365 to 317 days on animals submitted to natural mating.
doi:10.11606/t.10.2004.tde-10042007-180715 fatcat:7b54rjnu7zhcpby4q5afklde4y