Uma análise reflexiva da atuação do profissional enfermeiro junto à condição de acidentado do trabalho, segundo a teoria de Paterson e Zderad

Suzane Beatriz Frantz Krug, Vera da Costa Somavilla
2004 Revista Latino-Americana de Enfermagem  
Esse artigo refere-se a uma análise crítica reflexiva da atuação do profissional enfermeiro junto à condição de acidentado do trabalho. Observa-se que, no âmbito das relações sociais, determinadas pelo sistema capitalista e revestidas pelo caráter utilitário, desponta o preconceito que passa a permear as relações com esses indivíduos. Os acidentados são identificados como pessoas incapazes para o trabalho e para a vida social, sendo prejudicados diretamente em suas relações, sofrendo
more » ... sofrendo brutalmente com essa situação. Como subsídio para atuação do profissional enfermeiro frente ao tema, foi utilizada a Teoria da Prática Humanista de enfermagem de Paterson e Zderad.
doi:10.1590/s0104-11692004000200019 pmid:15303234 fatcat:4cc75tyypfg5vivypw2xxm3ktu