Avaliação comparativa de agentes coagulantes químico e natural no tratamento do efluente da lavagem de veículos no município de Sumé-PB

Crisóstomo Hermes Soares Trajano Silva, Bruno Rafael Pereira Nunes, Edgley Soares Silva, José Jefferson Barros Pires, Síntique Nathalia Ramos Almeida, Maria Suenia Nunes Morais, Virgínia Micaela Amorim Silva, Caroline Silva Freita
2020 Brazilian Journal of Development  
A lavagem de veículos é uma das atividades que mais demanda água potável, entretanto, visando a economia deste recurso, o seu reaproveitamento tem sido proposto e estudado. Com isso, o objetivo do presente trabalho foi comparar a aplicabilidade do sulfato de alumínio e das sementes de moringa (Moringa oleífera), no processo de clarificação do efluente proveniente da lavagem de automóveis. Amostras de 1,0 L, coletadas em um lava-jato localizado no Município de Sumé-PB, foram utilizadas para
more » ... tilizadas para realização dos testes, conduzidos em garrafas PET, sendo aplicados como coagulantes o sulfato de alumínio e sementes de moringa pulverizadas. Aplicou-se o planejamento fatorial, para verificar a influência do tempo de tratamento e massa ou volume de coagulante sobre a turbidez, o pH e a condutividade elétrica das amostras. Os resultados obtidos para turbidez permitiram verificar uma redução de até 94% quando se utilizou o coagulante obtido a partir da semente de moringa e de até 96%, para o sulfato, que também proporcionou a redução de pH e aumento da condutividade elétrica. A análise estatística indicou que, para um nível de confiança de 95%, o efeito do tempo foi significativo sobre a resposta turbidez, para os dois coagulantes utilizados. Para as condições estudadas, é possível afirmar que as sementes de moringa podem ser aplicadas como coagulante no tratamento de águas residuais de Lavajato, reduzindo os teores de turbidez, com a vantagem de ser um produto natural de baixo custo e sem promover alterações significativas no pH e na condutividade das amostras. Palavras-chave: Moringa oleifera, Sulfato de alumínio, Turbidez, Reutilização de água, Planejamento fatorial.. ABSTRACT The washing of vehicles is one of the activities that demands more drinking water, however, aiming at the economy of this resource, its reuse has been proposed and studied. Therefore, the objective of the present work was to compare the applicability of aluminum sulfate and moringa seeds (Moringa oleífera), in the process of clarification of the effluent from car washing. Samples of 1.0 L, collected in a jet washer located in the Municipality of Sumé-PB, were used to perform the tests, conducted in PET bottles, being applied as coagulants the aluminum sulfate and moringa seeds sprayed. Factorial planning was applied to verify the influence of the treatment time and mass or volume of coagulant on the turbidity, pH and electrical conductivity of the samples. The results obtained for turbidity allowed to verify a reduction of up to 94% when using the coagulant obtained from the moringa seed and up to 96% for sulfate, which also provided the reduction of pH and increased conductivity. Statistical analysis indicated that, for a 95% confidence level, the effect of time was significant on the turbidity response, for the two coagulants used. For the conditions studied, it can be stated that moringa seeds can be applied as a coagulant in the treatment of wastewater from the washer jet, reducing the turbidity levels, with the advantage of being a natural product of low cost and without promoting significant changes in pH and conductivity of the samples.
doi:10.34117/bjdv6n1-115 fatcat:po44sf7wsrghzcuonqyxhu3cd4