NORMA INTERNACIONAL DE DESCRIÇÃO BIBLIOGRÁFICA (ISBD) COMO NORMA DE QUALIDADE PARA A EDITORAÇÃO DE LIVROS NA NIGÉRIA

Uduak Enang, Eboro Umoren
BJIS, Marília(SP), v.5, n.1   unpublished
RESUMO Este artigo apresenta uma análise da Norma Internacional de Descrição Bibliográfica/International Standard Bibliographic Description (ISBD) como padrão de qualidade para a editoração e publicação de livros na Nigéria. Discute a ISBD na medida em que afeta a qualidade de edição de livros. A amostra do estudo foi composta por três universidades na região sul e 250 editoras de seis estados da Federação. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram um questionário e um checklist
more » ... um checklist descritivo padronizado aplicado aos livros. Uma hipótese nula foi formulada e testada. Os dados coletados foram analisados utilizando-se o percentual simples e o Coeficiente de Correlação do Produto Momento Pearson/Pearson Product Moment Correlation Coefficient (PPMC). A conclusão do estudo mostra que há uma relação significante entre a ISBD e a qualidade dos livros editorados e publicados na Nigéria em relação à autoria, título, local de publicação, ano de publicação, nome do editor, ISBN, direito autoral, bibliografia e índice. O estudo concluiu que a ISBD adiciona qualidade aos livros editados e publicados. A editoração/publicação é muito importante para o desenvolvimento nacional por causa de seu papel para a disseminação da informação e, também, como um repositório da cultura, história e conhecimento humano. A editoração/publicação emerge como uma indústria estratégica para a determinação do sistema educacional de um país. Os livros não são somente reconhecidos como reservatórios de uma herança cultural, mas também são portadores de informação e conhecimento vital 38 para o desenvolvimento de um povo e nação. O desenvolvimento rápido de uma indústria editorial local sustentável em um país, de acordo com Okwilagwe (1997), depende da capacidade de seus agentes inovarem e planejarem metas profissionais para sua indústria. Publicar é um processo que visa produzir fatos e ficção para disseminá-los em livros, periódicos, filmes, programas de computação, registros, jornais, discos, boletins, revistas e outros materiais literários. Isso é particularmente verdadeiro em uma sociedade como a nigeriana, cuja infraestrutura de comunicação ainda não está plenamente desenvolvida. Para qualquer tipo de ramo industrial, existem leis que devem ser obedecidas, de modo que as metas estabelecidas possam ser alcançadas. Não é somente a realização de metas, mas também a satisfação da indústria. Com as pesquisas preliminares realizadas nos livros publicados na Nigéria, observou-se que há um conjunto de normas para a editoração/publicação de livros. Esses padrões de editoração/publicação, de acordo com Bryson (1999), garantem a coerência no uso de recursos. As normas de publicação fornecem regras sobre a escolha de padrão, gestão da informação e suas tecnologias de apoio. Os padrões incluem protocolos de captura e transferência de dados, descrições bibliográficas e manutenção de registros. As editoras registradas estão conscientes que as normas de editoração/publicação não obedecidas podem ser um caminho para a perda de bons autores. Portanto, vale à pena examinar a ISBD como um recurso de qualidade para a publicação de livros na Nigéria. 2 NORMA INTERNACIONAL DE DESCRIÇÃO BIBLIOGRÁFICA / INTERNATIONAL STANDARD BIBLIOGRAPHIC DESCRIPTION (ISBD)
fatcat:giolt3qfazag5kvb6si4vfw27i