SIMBOLISMOS E DESENCANTOS: ROCHA POMBO E A ESCRITA DE NO HOSPÍCIO

Silvia Gomes Bento de Mello
2018 Revista Água Viva  
O presente artigo tem por objetivo problematizar o romance No hospício (1996), escrito por José Francisco da Rocha Pombo, entre 1896 e 1900. Mais especificamente, se deseja capturar na trama, elementos que vinculam a obra a questões mais amplas tanto da vida de seu autor, quanto do momento histórico em que ele viveu. Dessa forma, vinculado à estética simbolista, o texto literário em questão revela um processo de crise da modernidade (em especial, vinculada aos valores da racionalidade),
more » ... onalidade), largamente denunciado nas páginas do romance. De outra parte, o entendimento da obra requer considerar que a escrita do romance só foi possível a partir das vivências e experiências do próprio escritor, que o levou a se decepcionar com o projeto da modernidade.
doi:10.26512/aguaviva.v3i2.23537 fatcat:4ivrdsyq5ffytowj7epf2n7kai