Gestão democrática do ensino público impactos da impossibilidade do servidor técnico administrativo educacional concorrer ao pleito de Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Danilo Gonçalves de Campos, Leandro Martins Moreira dos Santos, Thiago Barbosa Frazão Morais Barbosa Frazão Morais, Ed Wilson Tavares Ferreira, Geison Jader Mello, Vanderley Severino dos Santos
2020 Research, Society and Development  
O presente estudo pretende discutir os possíveis reflexos na gestão democrática do ensino público do IFMT diante da impossibilidade dos servidores do segmento técnico administrativo em educação concorrer às eleições para Reitor/a do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, considerando que este tipo de abordagem investigativa busca compreender a baixa representatividade dos técnicos nas Direções Gerais. A gestão democrática do ensino público é um princípio
more » ... al que tem por objetivo garantir a participação de toda a comunidade acadêmica na gerência escolar, contudo ocorre que os técnicos em educação não gozam do pleno direito mesmo representando um terço dos votos. Assim, o presente trabalho tem como objetivo discutir como tal restrição impacta na representatividade do técnico administrativo educacional no âmbito do IFMT. Tem como apoio teórico as leis federais e estaduais sobre educação, bem como os autores Paro e Luck, entre outros. Dessa forma, a pesquisa conclui que a ausência dos servidores do segmento técnico administrativo educacional afronta o princípio da gestão democrática do ensino público, e traz reflexos na representatividade do segmento favorecendo a segregação e aumentando o abismo entre servidores técnicos e docentes.
doi:10.33448/rsd-v9i10.8698 fatcat:vqznwv3swzcfpffupmqsd6ay7y