Estruturalismo e mudança linguística

Munirah Lopes da Cruz
2020 Revista Interdisciplinar em Estudos de Linguagem  
Este ensaio tem como objetivo analisar a visão de mudança e variação linguística para o Estruturalismo, focando na obra "Curso de Linguística Geral", de Ferdinand de Saussure, por ser ele o fundador dessa corrente e considerado o pai da Linguística moderna. A pergunta que busco responder aqui é: O fato de não se dedicarem a analisar a mudança e variação linguística indica que os linguistas estruturalistas não percebiam que as línguas mudam? A partir de uma leitura mais atenta do Curso, é
more » ... do Curso, é possível observar que, embora propusesse um estudo formal e sincrônico da língua, Saussure reconhecia o caráter mutável das línguas naturais ao tratar, ainda que brevemente, da característica de mutabilidade, como ele chama. Conclui-se, então, que, mesmo antagonizando língua e fala, Saussure compreende que toda língua sofre mudanças, porém, naquele momento, decide se dedicar ao estudo formal da língua.
doi:10.29327/2.1373.2.2-11 fatcat:4fwhyf5wr5d2pnxfsneirq6jiq