Identificação do lactato mínimo e glicose mínima em indivíduos fisicamente ativos Lactate Minimum and Glucose Minimum Identification in Physically Active Subjects

Thomas Nilton, Teixeira Souza, Silvia Lima, Yamaguti, Carmen Sílvia, Grubert Campbell, Herbert Simões
unpublished
Resumo Os protocolos do Lactato Mínimo (LM) e Glicemia Mínima (GM) têm sido utilizados para avaliação aeróbia em corredores. O objetivo deste estudo foi comparar a identificação do limiar anaeróbio de 4mmol.l-1 de lactato sangüíneo com o LM e GM determinados em teste de pista para indivíduos não atletas, utilizando-se de um sprint de 150 m como forma de indução prévia de hiperlactacidemia. Os voluntários (n=13) realizaram os seguintes testes de corrida: 1) LM e GM-8 séries progressivas de 800m
more » ... ogressivas de 800m após indução de acidose lática por meio de um sprint de 150 m. As velocidades correspondentes à menor concentração de lactato sangüíneo e glicemia durante o teste incremental foram consideradas como VLM e VGM, respectivamente; 2) Velocidade correspondente à concentração de 4mmol.l.-1 : interpolação entre as velocidades de corrida e valores de lactato pico obtidos em 2 x 1200 m progressivos para identificação da V4mmol.l-1. Não foram verificadas diferenças significantes entre VLM, VGM e V4mmol.l-1 , e os valores de freqüência cardíaca (FC) correspondentes a VLM, VGM e V4mmol.l-1 também não diferiram entre si (p>0,05). Concluímos que é possível identificar a velocidade de corrida e a FC correspondentes ao LM e GM em não atletas utilizando-se do protocolo proposto. PALAVRAS-CHAVE : lactato mínimo, glicemia mínima, limiar anaeróbio. Abstract Protocols of Lactate Minimum (LM) and Glycemia Minimum (GM) have been applied for aerobic evaluation in runners. The aim of this study was to compare the identification of the anaerobic threshold of 4mmol.l-1 of blood lactate with the LM and GM determined in track tests for non-athlete subjects, by applying a 150m "sprint" as a means to prior lactic acidosis induction. Volunteers (n=13) accomplished the following running tests: 1) LM and GM: 8 progressive series of 800m tests after a 150m "sprint" for lactic acidosis induction. The velocites correspondent to the lower concentration of blood lactate and glycemia during the incremental test were considered as LMB and GMV respectively. 2) Velocity correspondent to the concentration of 4mmol.l-1 interpolation between running velocities and peak lactate values obtainded in progressive 2x1200m for identification of the 4mmol.l-1 V. There were no significant differences between the LMV, GMV and 4mmol.l-1 V; also, the heart rate values correspondent to the LMV, GMV and 4mmol.l-1 V did not differ from each other (p>0.05). We concluded that it is possible to identify the running velocity and the HR correspondent to the LM and GM in non-athletes by using the proposed protocol.
fatcat:h6boajfxhzcx3oaqlzkxmxvslu