Custos de consultas médicas em pessoas com diabetes mellitus durante um programa educativo

Carla Regina De Souza Teixeira, Maria Lúcia Zanneti
1970 Revista Baiana Saúde Pública  
Resumo Resumo Resumo Resumo Resumo Este estudo objetiva comparar e analisar o número e os custos de consultas médicas, consultas médicas de urgência e procedimentos médicos, um ano antes e um ano depois da implementação de um Serviço de Medicina Preventiva (SEMPRE) durante a participação de um programa educativo em diabetes mellitus. Na coleta de dados, do sistema informatizado SEMPREqualidade de vida, foram obtidos os dados sócio-demográficos; do sistema Serious-Unimed Ribeirão Preto,
more » ... rão Preto, extraiu-se as variáveis relacionadas aos custos da assistência médica. Para a análise estatística, utilizou-se o teste t-student. Dos 42 sujeitos investigados, 36 possuem o diabetes tipo 2; e 6 o tipo 1. Em relação aos gastos em urgência, houve redução de 74,91% com as pessoas com diabetes mellitus tipo 1 e 40,4% no tipo 2. No tocante aos gastos com procedimentos médicos em geral, houve redução de 11,1% no tipo 2 e 3,8% no tipo 1, comparando-se um ano antes e um ano depois da participação no SEMPRE. Quanto às consultas médicas, não houve diferença durante a participação do programa educativo no SEMPRE, mantendo-se a média de uma consulta por mês, por pessoa. Contudo reforça-se a necessidade dos sistemas de informação constituírem-se em prérequisito para um serviço de atenção à saúde coordenado, integrado e orientado por evidências científicas. Palavras-chave: Diabetes melittus. Gastos em saúde. Enfermagem.
doi:10.22278/2318-2660.2006.v30.n2.a1365 fatcat:5ouwhz67pzgdziv7v2hucp4l7y