FORMAÇÃO DE CONCEITOS, ENSINO, APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL

Virginia Georg Schindhelm, Maria Luisa Furlin Bampi
2016 Ensino Saude e Ambiente  
Este artigo teórico-reflexivo analisa uma experiência cotidiana e a significação de alguns conceitos envolvendo conhecimentos espontâneos e científicos construídos por duas crianças da Educação Infantil e uma pesquisadora durante sua investigação de doutoramento. A partir das concepções construídas por crianças e adultos, discutimos a relação que se estabelece entre a formação de conceitos espontâneos e científicos no processo de organização do psiquismo e constituição social do sujeito, numa
more » ... do sujeito, numa perspectiva histórico-cultural. Buscamos ainda refletir sobre: (a) como se estabelece a inter-relação contínua e indissociável entre o aprendizado e desenvolvimento na construção do conhecimento; (b) qual a importância da aprendizagem e do desenvolvimento no espaço escolar (c) como a cultura e a linguagem colaboram na construção subjetiva de conceitos. Para tanto, pretendemos analisar os princípios vigotskianos essenciais do trabalho docente no cotidiano da Educação Infantil capaz de impulsionar o processo de desenvolvimento humano, através deles confirmamos a necessidade de promover, organizar, sistematizar e consolidar práticas pedagógicas mediadoras das relações entre as crianças com a cultura ou os conhecimentos científicos uma vez que a aprendizagem promove as diferentes dimensões do desenvolvimento humano. Evidenciamos que os conceitos científicos são negociados culturalmente e apresentam-se como resultado de uma construção iniciada por conceitos espontâneos. Confirmamos que existe uma unidade no processo de ensinar/aprender, tal como postulado por Vigotski pela expressão russa obutchenie.
doi:10.22409/resa2016.v9i1.a21217 fatcat:y2d5dxwmyfcaplm3xrwvpdm5cu