AVALIAÇÃO PRELIMINAR DO PROJETO PILOTO: ESQUEMA MDT-U PARA TRATAMENTO DE HANSENÍASE, NO HOSPITAL DAS CLÍNICAS-UFMG

A Andrade, A Ramos
unpublished
Em 1981, a OMS recomendou a poliquimioterapia-PQT ou MDT para tratamento da hanseníase, hoje com duração de 12 meses para pacientes multibacilares-MB e 6 meses para paucibacilares-PB. Este esquema terapêutico apresenta limitações, como a prolongada duração. Acredita-se que o esquema de tratamento do multibacilar possa ser encurtado e que um esquema igual, para MB e PB, simplificaria e melhoraria a adesão ao tratamento. Atualmente, a OMS avalia possibilidades de introduzir esquema terapêutico
more » ... forme curto para todas as formas clínicas da doença-Poliquimioterapia Uniforme (MDT-U)-constituído por três drogas: rifampicina, dapsona e clofazimina. O projeto piloto do Hospital das Clínicas da UFMG objetivou avaliar a viabilidade e factibilidade do protocolo de pesquisa do MDT-U e envolveu 35 pacientes recrutados entre novembro de 2004 a junho de 2006. Esses pacientes, após assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido, foram submetidos à PQT-MB com duração de seis meses (MDT-U). Dois pacientes foram retirados do estudo por intolerância medicamentosa à dapsona, e um por ter se tratado há menos de cinco anos. Dos 32 indivíduos que concluíram o tratamento proposto, 31 são acompanhados, predominando MB (83%), com baciloscopia positiva (45%) e teste ML Flow positivo (58%), 29% desenvolveram surto reacional durante o tratamento e 48% após este. Previu-se acompanhamento de oito anos pós-tratamento desses pacientes.
fatcat:afi3lyvtp5danjk46hcaqia5jq