O lugar da Sociologia escolar nos periódicos de estratos superiores (A1, A2 e B1) da área de Sociologia (1996-2017)

Cristiano das Neves Bodart, Caio dos Santos Tavares
2019 Contemporânea - revista de sociologia da UFSCar  
Resumo: O presente artigo busca observar a presença da temática "Sociologia escolar" em periódicos classificados como sendo de estratos superiores (A1, A2 e B1) na área de avaliação "Sociologia", bem como explorar o que vem sendo publicado sobre essa temática. Tal análise se dá por reconhecer as disputas existentes no campo acadêmico por espaços de distinção. A metodologia consistiu no levantamento de todos os periódicos avaliados pelo CAPES como A1, A2 e B1 em Sociologia, seguido da busca, em
more » ... guido da busca, em seus respectivos sites, pela produção sobre "ensino de Sociologia" ou "Sociologia escolar". Encontrados os artigos, observamos alguns elementos constitutivos dos perfis dos autores. Dentre os resultados encontrados, destacamos que: i) a publicação de artigos sobre o ensino de Sociologia em periódicos de estratos superiores ainda é reduzida, sobretudo em periódicos classificados como A1; ii) predominam autores doutores em Sociologia, graduados em Ciências Sociais e do sexo feminino; iii) há uma participação expressiva de autores que não atuaram como docente do Ensino Básico e; iv) os temas mais recorrentes voltam-se para a formação docente e a história da institucionalização do ensino de Sociologia. Abstract: This article seeks to observe the presence of the theme "School sociology" in periodicals classified as being higher grades (A1, A2 and B1) in the area of the evaluation for "Sociology, " as well as exploring what and who have published works on this subject. The analysis takes place by recognizing the existing disputes in the academic field by spaces of distinction. The methodology consisted of a survey of all the journals evaluated by CAPES as A1, A2 and B1 in Sociology, followed by a search, in their respective sites, for the production of "Sociology teaching" or "School sociology". Having found the articles, we observed some constituent elements in the profiles of the authors. Among the results found, we noted that: i) the publication of articles on Sociology teaching in periodicals of higher grades is still low, especially in periodicals classified as A1; ii) PhD female graduates in Social Sciences are the predominant authors in Sociology; iii) there is a significant participation of authors who did not work as Primary Education teachers and; iv) the most recurrent themes revolve around teacher training and the history of the institutionalization of the teaching of Sociology.
doi:10.4322/2316-1329.102 fatcat:sd4q5tt5jzcbxi3yk22gduri5u