Apontamentos para uma tênue urdidura: um palimpsesto de teorias e suas imbricações na Arqueologia

José Alberione Dos Reis
2002 Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia  
Em uma palavra, os raios de luz que as estrelas nos enviam não nos chegam instantaneamente, e sim empregando um certo tempo em transpor a distância de separação, não nos mostrando as estrelas tal qual são agora, mas tal qual eram por ocasião em que partiram esses raios de luz transmissores do respectivo aspecto. Aí está uma surpreendente transformação do passado em presente. Para o astro observado, é o que já se passou, o já desaparecido; para o observador, é o presente, o atual. O passado do
more » ... ual. O passado do astro é rigorosa e positivamente o presente do observador" (Flammarion [1866] (1979:36).
doi:10.11606/issn.2448-1750.revmae.2002.109454 fatcat:tc6rhwcagzac7kdl2h4ov5bt7m