Revista de Sistemas de Informação da FSMA n

Luciana Pereira
2016 unpublished
Resumo-O tratamento multidisciplinar ná area da saúdé e o tratamento prestado a pacientes que depen-dem da atenção de profissionais de diferentesáreasdiferentesáreas. Estudos realizados na rede pública da cidade de Blume-nau indicam falta de comunicação entre estes profission-ais, prejudicando o atendimento multidisciplinar. Neste trabalho são utilizados os métodos design participativo e design baseado em cenários para a construção de um módulo multidisciplinar desenvolvido dentro de quatro
more » ... entro de quatro ciclos de pesquisa-ação. Os resultados obtidos após o término da pesquisa-ação indicam que as funcionali-dades projetadas permitem o atendimento multidisci-plinar, reduzindo os problemas referentesàreferentesà falta de comunicação e de colaboração entre os profissionais de saúde. Palavras-chave-Sistemas de saúde para tratamento multidisciplinar, Design participativo, Design baseado em cenários, Pesquisa ação, Sistemas colaborativos. Abstract-The multidisciplinary treatment in health area is support for patients who need care of different health professionals. In a local study in the public health at Blumenau city, we have observed that there is a lack of communication among these professionals. In this work the Participatory Design and Scenario Based Evaluation methods are used to design a multidisciplinary treatment system. The design, development and evaluation of multidisciplinary treatment occurred in four steps of action research. We conclude that the proposed system allows the multidisciplinary treatment in collaborative way. The system also decreased the lack of communication and collaboration problems. Index Terms-Health Care, Participatory design, Scenario based design, Action research, Collaboration. I. Introdução A colaboração e comunicação entre os profissionais da saúde são fatores importantes para tratar pacientes, realizar diagnósticos e emitir pareceres [1], [2]. Porém, esses fatores ainda não são utilizados em grande parte dos atendimentos devidò as dispersões no posicionamento geográfico dos profissionais, bem como aos diferentes horários de disponibilidade e turnos de trabalhos [2], [3]. A ´ area da saúde tem passado por avanços tecnológicos no sentido de apoiar o atendimento ao paciente. Con-tudo, apesar dos avanços, a falta de colaboração e de comunicação entre os profissionais da saúde aindá e um problema [4], [5], [6]. Exemplos nos quais a comunicação entre os profissionais da saúde se faz necessária são: acom-panhamentos de doenças graves como Acidente Vascular Cerebral (AVC) e câncer, que requerem tratamento mul-tidisciplinar; acompanhamento de problemas sociais como violência, abuso e baixa renda; e prescrição de medicamen-tos para doenças raras ou que envolvam especialidades de diferentes profissionais de saúde. A comunicação entre as diversas especialidades de profissionais da saúdé e importante em atendimentos multidisciplinares [4]. Um atendimento multidisciplinarémultidisciplinaré aquele que envolve uma equipe de profissionais de saúde com objetivo de solucionar os problemas de um paciente. A comunicação entre esses profissionais se faz necessária para que eles utilizem técnicas e ideologias compatíveis para o tratamento do paciente [7]. Existem vários sistemas informatizados desenvolvidos para apoiar o atendimento a pacientes [2], [3], [8], [9], [10]. No entanto, esses sistemas, em sua maioria, não possuem um mecanismo eficiente para apoiar a comunicação entre os profissionais que o utilizam. Outro fator prejudicial nos sistemas informatizadoséinformatizadosé a falta de funcionalidades e de dados essenciais-tais como CPF, número do cartão de saúde, agenda do médico para consultar disponibilidade de horários-o que impede o preenchimento das informações necessárias para o atendimento [1], [4]. Essa inexistência de funcionalidades e dados, em alguns casos, ´ e proveniente da falta de comunicação entre o projetista e o usuário do sistema e podem fazer com que o sistema deixe de ser utilizado [1]. Uma forma de amenizar a distância entre projetistas e usuários do sistemá e utilizar os design de interação, 9
fatcat:ks6yupfu4rhspaas7buhbmpaeu