Análise citognética na leucemia mielóide crônica

Vanderléia da Silva Montenegro, Vera Maria Valporto O. dos Santos, Melissa Veith
2008 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba  
Este artigo visa investigar, através de revisão bibliográfica, a aplicação da análise citogenética clássica e molecular na pesquisa da Leucemia Mielóide Crônica (LMC). Tais técnicas de análise detectam anormalidades cromossômicas e as relacionam a um melhor ou pior prognóstico para o paciente, com possível evolução para uma fase aguda ou crônica da doença e auxiliam na orientação terapêutica mais adequada. Com base nos erros de divisão celular, pode-se observar a maior freqüência de mutação e
more » ... ncia de mutação e de aberrações cromossômicas em células afetadas. Os dados citogenéticos envolvidos têm também importância fundamental no mapeamento gênico. O cariótipo final é estabelecido com base em estudos de técnicas em análise citogenética clássica e permite que o profissional avalie o prognóstico e tratamento da doença mediante a presença do marcador da leucemia mielóide crônica, o cromossomo Philadelphia.
doaj:b71cac8b0d674dbb9dd40c1b4df90359 fatcat:abqfuhowc5btdi66b7yoj5mc6i