Reflexões sobre alimentação saudável para idosos na agenda pública brasileira

Maria Fátima Garcia de Menezes, Shirley Donizete Prado, Maria Claudia da Veiga Soares Carvalho, Francisco Romão Ferreira
2015 Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia  
Objetivo:Refletir sobre os sentidos e significados da alimentação saudável para idosos no contexto da agenda pública brasileira.Metodologia:Trata-se de uma análise documental, na qual se pretendeu realizar uma interpretação das orientações propostas.Resultados:Foram selecionados três documentos: "Guia alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável","Os dez passos para alimentação saudável" e "Alimentação saudável para a pessoa idosa: um manual para profissionais de
more » ... rofissionais de saúde". No diálogo com diferentes autores do campo das Ciências Humanas e Sociais, como: Sfez, Weber, Elias, Dumont, Canguilhem, Douglas, Beck, Giddens and Foucault, foram identificadas as seguintes perspectivas: responsabilização do indivíduo na atenção alimentar e nutricional, com forte componente ascético e de controle sobre o corpo; forte tendência à redução racional e máxima do risco de adoecer como sinônimo de estilo de vida sadio; ênfase acentuada em higiene e segurança sanitária dos alimentos; primazia do caráter biomédico da nutrição; e homogeneidade e fragilidade como marcas do processo de envelhecer.Conclusão:A ideia de alimentação saudável implica, necessariamente, pensar alimentação e saúde em uma perspectiva ampliada. Os documentos oficiais analisados, entretanto, tratam de nutrição e de doença. Valorizam os condicionantes biomédicos e relegam a um plano mínimo os econômicos, sociais e culturais que estruturam o viver e o adoecer no mundo contemporâneo.
doi:10.1590/1809-9823.2015.14235 fatcat:pvvf4a5d3baxthfckwzaufg25y