Pesquisa e música: motivação e posicionamento

Fredi Gerling
1991 Opus  
A preocupado corn a interado artiste -p6blico 6 motive de reflexOes e ang6stia de todos os m6sicos, embora abordada de formas diferentes, dependendo da atividade especffica de cada urn. A aceitado ou rejeido de sua obra 6 uma preocupado do compositor. Mesmo quando assume a postura de que neo escreve para o p6blico e sim para si preprio, fica clara a preocupado latente. 0 teorista musical procura validar cientificamente a m6sica, buscando explicar seus segredos e assim criar condicees para o
more » ... belecimento de criterios que viabilizem urn julgamento da validade artfstica intrinseca da obra analisada. 0 valor artfstico da obra assim determinado influira na formed() do "gosto artfstico n dos m6sicos que constituem seu p6blico mais restrito e do pOblico em geral. 0 educador musical tern a tarefa de former o pi:ance e sua preocupado 6 corn os limites que deve traear entre informar e a mera transmissão de cliches; molder as aptidees inatas ou meramente ensinar tecnicas de execuceo a service de uma m6sica sem valor intrfnseco; desenvolver o senso crftico e libertar o espfrito criativo ou simplesmente buscar o direcionamento do sujeito para que este reproduza suas ideias e posicionamentos. 0 executante recebe o aplauso ou a indiferenca do p6blico. Alguns preocupam-se em estabelecer urn elo de comunicado entre o compositor e o p6blico tornando-se interpretes conscientes, outros buscam apenas o sucesso pessoal. A variedade de relacionamento artista-audiencia 6 urn assunto que possibilita ample campo para reflexao. Quaffs seriam os motives que levam um ptIblico leigo a idolatrar artistas que os profissionais da area consideram destitufdos
doaj:2bf80fc326e24c8b86dedbf000ee2b23 fatcat:2qqzeum7vfacrjkesn2nhrdqsq