Lesões de pele no intra-operatório de cirurgia cardíaca: incidência e caracterização

Geisa Aguiari Carneiro, Rita de Cássia Burgos de Oliveira Leite
2011 Revista da Escola de Enfermagem da USP  
Neste estudo exploratório, descritivo e de coorte o objetivo principal foi verificar a incidência de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca que desenvolveram lesões de pele no período intra-operatório, caracterizar as lesões. A coleta de dados foi realizada no Centro Cirúrgico (CC) de um hospital público de ensino, de atenção terciária à saúde, predominantemente cirúrgico, especializado em cardiologia no Município de São Paulo. A amostra do estudo foi de 182 pacientes. O estudo foi feito com
more » ... tudo foi feito com um p significativo (<0,05) frente aos testes estatísticos não-paramétricos. Quanto à incidência de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, que desenvolveram lesões de pele em decorrência do período intra-operatório, obteve-se incidência de 20,9%. Tivemos que 19,2% das lesões apresentaram-se como Úlceras por Pressão (UP) no estágio I; 1,1% das lesões caracterizaram-se como abrasão; 1,1% feridas incisas; 0,5% laceração; 0,5% queimadura elétrica superficial e 0,5% UP no estágio II.
doi:10.1590/s0080-62342011000300009 pmid:21710065 fatcat:rw5grr4dd5gq3kjcltexgrnxcq