A (IN)EFICIÊNCIA AO COMBATE DO ASSÉDIO MORAL NO AMBIENTE EMPREGATÍCIO: AÇÃO VELADA E LATENTE / THE (IN)EFFICIENCY IN COMBATING BULLYING IN THE EMPLOYMENT ENVIRONMENT: VEILED AND LATENT ACTION

Andréia Chiquini Bugalho, Catharina Marques, Vitória Pedersoli
2021 Brazilian Journal of Development  
RESUMO O presente trabalho objetiva, por meio de pesquisa bibliográfica analisar o assédio moral no ambiente empregatício, que hodiernamente atinge a minoria hipossuficiente, bem como, a extensão de suas consequências e a reparação devida às vítimas, de forma que os danos sejam minimizados. Enfatizaremos também a responsabilidade inerente do empregador pela fiscalização, cumprimento efetivo das normas de segurança e prevenção de doenças ocupacionais, garantindo assim um ambiente maleável e a
more » ... nte maleável e a preservação da saúde físico-mental. O estudo apresenta relevância na medida em que os casos de assédio moral estão em escala ascendente, e o seu completo entendimento é necessário para se reconhecer as situações em que se encontra a vítima e o assediador. Utilizou-se do método hipotético-dedutivo para a obtenção das conclusões. Palavras-chave: Assédio Moral, Integridade Psíquica, Política Pública, Proteção à Saúde do Trabalhador. ABSTRACT The present work aims, through bibliographic research, to analyze the moral harassment in the employment environment, which today affects the hyposufficient minority, as well as the extent of its consequences and the reparation due to the victims, so that the damages are minimized. We will also emphasize the employer's inherent responsibility for inspection, effective compliance with safety standards and the prevention of occupational diseases, thus ensuring a flexible environment and the preservation of physical and mental health. The study is relevant to the extent that the cases of moral harassment are on an Brazilian Journal of Development upward scale, and its complete understanding is necessary to recognize the situations in which the victim and the harasser find themselves. The hypothetical-deductive method was used to obtain the conclusions.
doi:10.34117/bjdv7n2-112 fatcat:zumdqsftfrdvhet6vba6exrdwe