Análise de indicadores de saúde de pacientes com diabetes atendidos pelo Centro Hiperdia de Viçosa

Carlos Gabriel de Lade, João Carlos Bouzas Marins, Luciana Moreira Lima, Janice Sepúlveda Reis, Hamilton Henrique Teixeira Reis, Isabella Tolêdo Caetano, Paulo Roberto dos Santos Amorim
2016 O Mundo da Saúde  
A prevalência de diabetes mellitus está sendo considerada uma epidemia global, com 382 milhões de pessoas atualmente afetadas em todo o mundo e previsão de aumento para 592 milhões para o ano 2035. Atualmente, o Brasil é o quarto país no mundo em número de diabetes. O presente estudo teve como objetivo descrever as características epidemiológicas de indivíduos com diabetes mellitus atendidos no Centro Hiperdia da cidade de Viçosa-MG, considerando características sociodemográficos, fatores de
more » ... icos, fatores de risco modificáveis e não modificáveis. Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo, documental e de corte transversal. Foram analisados 547 prontuários, sendo 218 inativos e 329 pacientes ativos. A análise dos pacientes ativos demonstrou que 51% do número total de pacientes apresentavam diabetes mellitus tipo 2 associada à hipertensão. Em relação aos pacientes ativos, 72% apresentavam baixa renda familiar, 74% apresentavam baixa escolaridade, 74%, 78% e 57% apresentavam hipertensão arterial, sobrepeso/obesidade, inatividade física, respectivamente. A presença de dois ou mais antecedentes familiares para doenças coronarianas e metabólicas foi encontrada em 79% dos pacientes. A análise da glicemia de jejum e pós-prandial demonstrou valores inadequados em mais de 50% dos pacientes ativos. Os pacientes com diabetes atendidos pelo Centro Hiperdia de Viçosa apresentaram tanto fatores de risco modificáveis quanto não modificáveis, sendo ambos complicadores para o controle do diabetes e de um bom estado de saúde. Palavras-chave: Diabetes mellitus. Fatores de risco. Atenção secundária à saúde. Avaliação em saúde. Sistemas de informação. Abstract The prevalence of diabetes mellitus is being considered a global epidemic, with 382 million people currently affected worldwide and increase forecast for 592 million for the year 2035. Currently, Brazil is the fourth country in the world in number of diabetes. This study aimed to describe the epidemiological characteristics of individuals with diabetes mellitus treated at Hiperdia Center of Viçosa-MG, considering socio demographic, modifiable risk factors and not modifiable. This is a descriptive study, quantitative, documentary and cross-sectional. 547 records were analyzed, 218 retirees and 329 active patients. The analysis of the active patients showed that 51% of the total number of patients had a higher prevalence of type 2 diabetes mellitus associated with hypertension. In relation to active patients, 72% had low family income, 74% had low education, 74%, 78 % and 57% had high prevalence of hypertension, overweight/obesity, physical inactivity, respectively. The presence of two or more family history of coronary and metabolic diseases was found in 79% of patients. The analysis of fasting and postprandial proved inadequate values by more than 50% of the active patients. Patients with diabetes attended by the Hiperdia Center of Viçosapresented in addition to the disease itself, modifiable and non-modifiable risk factors, both being complicating for diabetes control and a good health.
doi:10.15343/0104-7809.20164003283292 fatcat:qkzbjphf6zhbdprkij4x6gdwfu