A produção do onset complexo: aquisição guiada pela sílaba ou pelo segmento?

Silvana Gonçalves Lopes, Roberta Freitas Dias, Carolina Lisbôa Mezzomo
2015 Revista CEFAC  
OBJETIVO: comparar e analisar a influência das características dos segmentos do onset complexo na produção correta em crianças com desenvolvimento fonológico típico e atípico. MÉTODOS: analisou-se dados de fala de 88 crianças, 44 com desenvolvimento fonológico típico e 44 atípico, com idades entre 2:6 a 5:3 e 5:3 a 8:0, respectivamente. Com um corpus de 524 palavras no desenvolvimento típico e 1310 no atípico. A variável dependente teve as variantes: produção correta do onset complexo ,
more » ... complexo , simplificação para Consoante1-Vogal com e sem mudança de obstruinte, simplificação para Consoante2-Vogal, mudança de obstruinte, substituição da líquida do encontro, epêntese, metátese e outros, como alongamento compensatório. As variáveis extralinguísticas foram: gênero, idade e tipo de desenvolvimento e as linguísticas: tonicidade; número de sílabas; contexto silábico precedente e seguinte; posição na palavra; tipo de líquida do onset complexo; ponto, sonoridade e classe da obstruinte. A análise estatística foi feita por meio do pacote computacional VARBRUL. RESULTADO: o programa estatístico selecionou para todos os grupos pelo menos uma das variáveis: ponto, sonoridade e classe da obstruinte. O tipo da líquida do encontro foi significante para o grupo único e atípicos e o tipo de desenvolvimento, para a produção correta e simplificação de Consonte1-Vogal com mudança de obstruinte. CONCLUSÃO: as variáveis linguísticas relacionadas à obstruinte e à liquida do encontro foram significantes à produção de Consoante-Consoante-Vogal. A variável tipo de desenvolvimento também foi relevante. Mostrando evidências que a aquisição do onset complexo pode ser guiado pelo segmento e que há diferença entre crianças típicas e atípicas.
doi:10.1590/1982-0216201517s12741 fatcat:k6iqptacjvfwjl7zols5ze35wa